Em 31/05/2016 às 10 h49

Madureira tem apenas sete remanescentes do Estadual para Série D

Clube aposta em juventude, mas ainda busca peças experientes para fechar elenco


Autor: Gabriel Farias / Fotos: Gabriel Farias

Seguindo o costume da maior parte dos clubes de menor porte do futebol brasileiro, o Madureira disputou o Campeonato Estadual com um elenco e vai jogar a Série D do Brasileiro com outro bem diferente. Somente sete atletas que estiveram no Cariocão prosseguem vestindo a camisa do Tricolor Suburbano nesta segunda metada da temporada: Jonathan e Yan Rodrigues (goleiros), Alex (zagueiro), Rezende e Ramon (volantes), Ryan (foto) e Bruno (meias).

Buscando retornar à Série C - de onde foi rebaixado em 2015 - mas sem condições de investir financeiramente, o Madureira fará sua aposta na garotada. Enquantos alguns nomes como Alex e Rezende já receberam suas primeiras oportunidades no Cariocão, outros como Luiz Eduardo (lateral-direito), Yago (zagueiro) e Jordã (atacante) vão ter a principal chance de aparecer justamente na competição nacional.

Caberá ao técnico Cleimar Rocha, que está no cargo oficialmente como interino, comandar o trabalho que vai ter seu início efetivo em 12 de junho, quando o Tricolor fará sua estreia na Série D, diante do Brusque (SC), no Aniceto Moscoso, às 15h. A equipe carioca ainda terá pela frente J.Malucelli (PR) e Novo Hamburgo (RS) na primeira fase da competição.

Nomes conhecidos deixam o clube

O torcedor acostumado a acompanhar o Madureira nos últimos anos vai sentir a falta de nomes que se acostumaram a vestir a camisa tricolor. O zagueiro Daniel, por exemplo, que somava 102 jogos pelo clube suburbano, não chegou a um acordo após o Estadual para a renovação de contrato. Seu colega de setor, Leozão (que tinha 53 partidas no currículo) também não prossegue. Leandro Chaves, Arthur Faria e Jorge Fellipe também deixam o clube em definitivo.

Há também a listagem de emprestados. Os grandes do Rio de Janeiro aproveitaram três atletas do Madura. O lateral-esquerdo Ayrton - que chegou a ser convocado para a seleção sub-20 - está no Fluminense, enquanto o volante William acertou com o Vasco. Já o atacante Geovane Maranhão foi cedido ao Botafogo. No Tupi (MG) estão o goleiro Rafael e o lateral-direito Formiga, enquanto o atacante João Carlos foi para o Cuiabá (MT).

Oito reforços até o momento

As caras novas apresentadas pelo Madureira até aqui seguem a filosofia de aposta na juventude que o clube vem adotando. Do Vitória (BA) chega o atacante Johnny, 21 anos, que vem sendo titular nos jogos-treino. Outro reforço é o volante Gabriel Galhardo, irmão de um velho conhecido da torcida tricolor, o meia Thiago Galhardo, que teve ótima passagem em 2015.

image

O restante das caras novas chegam graças a uma parceria com a Cabofriense, que emprestou cinco jovens revelados em suas categorias de base: Matheus (zagueiro), Pedro (volante), Bruno Tubarão e Gama (meias) e Abner (atacante). Quem mais vem tendo espaço na intertemporada tem sido Pedro, que já foi testado por Cleimar Rocha entre os titulares.

O Madureira ainda busca mais nomes para reforçar o plantel, de preferência jogadores rodados, com boa experiência, que venham a mesclar sua quilometragem no futebol com a juventude que se encontra predominando no grupo atual. Restam mais 12 dias até a estreia para que o planejamento ganhe forma e o Tricolor entre forte na Série D.

O ELENCO (24 atletas até o momento)
Goleiros: Jonathan, Yan Rodrigues e Lucas
Laterais: Luiz Eduardo, Arlen e Airton
Zagueiros: Alex, Yago, Matheus, Mario e Ian
volantes: Rezende, Pedro, Ramon, Gabriel Galhardo e Warley
Meias: Ryan, Bruno, Bruno Tubarão e Gama
Atacantes: Jordã, Johnny, Abner e Igor

Tags: Madureira, Brasileiro Série B

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por