• Bangu
  • Boavista
  • Bonsucesso
  • Botafogo
  • Cabofriense
  • Campos
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Macaé
  • Madureira
  • Nova Iguaçu
  • Portuguesa
  • Resende
  • Tigres do Brasil
  • Vasco da Gama
  • Volta Redonda
  • America
  • Americano
  • Artsul
  • Audax Rio
  • Barcelona
  • Barra da Tijuca
  • Barra Mansa
  • Duque de Caxias
  • Friburguense
  • Gonçalense
  • Goytacaz
  • Itaboraí
  • Olaria
  • Queimados
  • Sampaio Corrêa
  • São Cristóvão
  • São Gonçalo EC
  • Serra Macaense
  • Serrano
  • Angra dos Reis
  • Araruama
  • Bela Vista
  • Belford Roxo
  • Ceres
  • Condor
  • Duquecaxiense
  • Futuro Bem Próximo
  • Juventus
  • Mesquita
  • Nova Cidade
  • Rio de Janeiro
  • Rio São Paulo
  • São Gonçalo FC
  • Brasil
  • Campo Grande
  • Itaboraí Profute
  • Miguel Couto
  • Paduano
  • Rubro
  • São José
  • Teresópolis
  • Tomazinho
  • União Central
  • União de Marechal

Em 11/01/2017 às 18 h54

Portuguesa e Nova Iguaçu ficam no zero em estreia da Preliminar do Carioca

Em duelo com muita chuva e pouca emoção, equipes não conseguem balançar a rede


Autor: Renan Nery / Foto: Bernardo Gleizer (NIFC)

O Campeonato Carioca começou. Na tarde desta quarta (11), no Estádio da Rua Bariri, Portuguesa e Nova Iguaçu ficaram no empate sem gols na estreia da fase Preliminar do Estadual. Com pouca inspiração, as duas equipes criaram poucas oportunidades de gol que pudessem mexer no placar inicial. Agora, os dois times somam apenas um ponto na tabela de classificação.

Na próxima rodada, a Lusa joga como visitante diante do Bonsucesso, também na Bariri. A partida acontece no sábado (14) às 16h30. Já a Laranja da Baixada recebe o Tigres do Brasil no Estádio  Laranjão, no mesmo dia e horário.

Primeiro tempo de poucas oportunidades de gol e muita chuva

Durante a primeira etapa da partida, as duas equipes sentiram a falta de ritmo de jogo neste início de temporada e a chuva forte que caía no bairro de Olaria atrapalhava a fluência na troca de passes por parte a parte. Enquanto o Nova Iguaçu tinha a estratégia de sair com qualidade desde a saída de bola e cadenciar o ritmo da partida, a Portuguesa buscava acelerar as jogadas pelos flancos, e os meias abertos esperavam a passagem do ala, que buscava a linha de fundo. 

A única finalização a gol nos primeiros 45 minutos de jogo foi do atacante Allan, da Portuguesa. O camisa 11 recebeu livre pelo lado direito de ataque, e resolveu arriscar da intermediária. A bola foi no centro do gol e o goleiro Jefferson conseguiu encaixar com segurança.

Chuva dá trégua, intensidade aumenta, mas gol 'teima' em não sair


Na volta do intervalo, a chuva deu uma trégua e os dois times se soltaram mais, buscando o gol inaugural. A primeira grande chance saiu aos 16 minutos, em finalização de Marcinho Pitbull. O volante lusitano pegou a sobra da entrada da área, e de perna esquerda, pegou de primeira, acertando a trave esquerda do goleiro Jefferson. No minuto seguinte, Caio Cezar cobrou falta lateral direto na área, e o goleiro Marcelo Moretto espalmou para fora, evitando o primeiro gol da Laranja. 

Minutos mais tarde, em contragolpe rápido, Allan foi a linha de fundo pelo lado esquerdo de ataque e cruzou na medida para Edu, que carimbou mais uma vez o poste esquerdo defendido por Jefferson, que nada podia fazer e apenas torceu. Após as substituições efetuadas pelos dois técnicos,  o jogo mudou de ritmo e ganhou em intensidade. Mas a falta de precisão na hora do passe final e o capricho na finalização comprometeram a criação de jogadas.

A partida
Portuguesa 0x0 Nova Iguaçu - Campeonato Carioca - Fase Preliminar - 1ª rodada - 11/01/2017 às 16h30

Estádio da Rua Bariri (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Diego da Silva Lourenço
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque e Gabriel Gonti Viana

Portuguesa: Marcelo Moretto, Belarmino, Marcão, Rodrigo Almeida, Diego Maia; Marcinho Pitbull, Victor Hugo (Muniz, 38'/2ºT), Maicon Assis; William Amendoim (Romarinho, 16'/2ºT), Allan (Fabinho, 24'/2ºT), Edu. Técnico: Nelson Rodrigues

Nova Iguaçu: Jefferson, Yan, Raphael Azevedo, Murilo Henrique, Lucas; Iuri Pimentel, Paulo Henrique, Caio Cezar (Alex Souza (39'/2ºT), Wescley (Ratinho, 42'/2ºT); Marlon, Adriano (Renan Silva, 20'/2ºT). Técnico: Edson Souza

Cartões amarelos: Belarmino, Muniz (POR); Marlon, Caio Cezar (NOV)

Gols: -

Público: 325 (pagantes) 425 (presentes)

Renda: R$ 6.050,00

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por