• Bangu
  • Boavista
  • Bonsucesso
  • Botafogo
  • Cabofriense
  • Campos
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Macaé
  • Madureira
  • Nova Iguaçu
  • Portuguesa
  • Resende
  • Tigres do Brasil
  • Vasco da Gama
  • Volta Redonda
  • America
  • Americano
  • Artsul
  • Audax Rio
  • Barcelona
  • Barra da Tijuca
  • Barra Mansa
  • Duque de Caxias
  • Friburguense
  • Gonçalense
  • Goytacaz
  • Itaboraí
  • Olaria
  • Queimados
  • Sampaio Corrêa
  • São Cristóvão
  • São Gonçalo EC
  • Serra Macaense
  • Serrano
  • Angra dos Reis
  • Araruama
  • Bela Vista
  • Belford Roxo
  • Ceres
  • Duquecaxiense
  • Futuro Bem Próximo
  • Juventus
  • Mesquita
  • Nova Cidade
  • Rio de Janeiro
  • Rio São Paulo
  • Campo Grande
  • Condor
  • Itaboraí Profute
  • Miguel Couto
  • Paduano
  • Rubro
  • São Gonçalo FC
  • São José
  • Teresópolis
  • Tomazinho
  • União Central
  • União de Marechal

Em 30/01/2017 às 15 h56

Eduardo Allax lamenta gol sofrido no momento da saída de Ives, machucado

Jogador não preocupa e treinador aponta time não acostumado com casa cheia


Autor: Redação FutRio / Foto: Gabriel Andrezo (FutRio)

O técnico Eduardo Allax lamentou o fato de ter perdido o volante Ives, justamente minutos antes do primeiro empate da Portuguesa, no jogo que terminou 2 a 2, neste domingo (29), em Moça Bonita. O volante era o marcador de Fabinho, autor do empate da Lusa, no primeiro tempo. Apesar da difrença de ritmo de jogo, o técnico avaliou de maneira positiva a disposição física do Alvirrubro na estreia de 2017.

- Acho que fisicamente resistimos bem, tecnicamente o segundo tempo foi melhor, o próprio jogo foi melhor, pela emoção. Os jogadores não estão acostumados com estádio cheio, com esse glamour todo, essa euforia. Saímos fazendo um gol no início e veio o banho de água fria. O Ives saiu e o jogador que ele marcava fez o gol. É muito díficil, duas substituições por lesão. Já foram feitos os exames, não foi nenhuma ruptura, é mais edema e estão prontos para jogar o próximo jogo se Deus quiser - revelou o treinador. 

O público de quase dois mil torcedores foi o maior da década do Bangu, muito por conta da estreia do atacante Loco Abreu. Uruguaio que já no primeiro jogo, marcou o segundo no compromisso que encerrou por 2 a 2. A casa cheia e o clima a favor, pode ter assustado alguns jogadores, que não estavam ambientados a isso.

- Eu passei no intervalo que o torcedor veio para assistir e estava louco para apoiar a gente, mas nós estávamos um pouco assustados com essa situação. Como é novidade, essa situação, causa essa dúvida no atleta. Mas foi muito bom, ver esse público. Um segundo tempo foi muito legal duas equipes buscando gol até o fim. Botamos bola na trave, conseguimos voltar para a frente do placar. Mas no final, infelizmente, uma bela jogada do Romarinho, jogador muito bom que conseguiu desequilibrar a nossa defesa.

Jogando mais uma vez dentro de casa, no Estádio de Moça Bonita, Bangu volta à campo na próxima quinta-feira (02/02) para encarar o Vasco da Gama, às 16h30, partida que será transmitida pela Rádio FutRio.

Tags: Bangu, Eduardo Allax, Série A Carioca

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por