• Bangu
  • Boavista
  • Bonsucesso
  • Botafogo
  • Cabofriense
  • Campos
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Macaé
  • Madureira
  • Nova Iguaçu
  • Portuguesa
  • Resende
  • Tigres do Brasil
  • Vasco da Gama
  • Volta Redonda
  • America
  • Americano
  • Artsul
  • Audax Rio
  • Barcelona
  • Barra da Tijuca
  • Barra Mansa
  • Duque de Caxias
  • Friburguense
  • Gonçalense
  • Goytacaz
  • Itaboraí
  • Olaria
  • Queimados
  • Sampaio Corrêa
  • São Cristóvão
  • São Gonçalo EC
  • Serra Macaense
  • Serrano
  • Angra dos Reis
  • Araruama
  • Bela Vista
  • Belford Roxo
  • Ceres
  • Duquecaxiense
  • Futuro Bem Próximo
  • Juventus
  • Mesquita
  • Nova Cidade
  • Rio de Janeiro
  • Rio São Paulo
  • Campo Grande
  • Condor
  • Itaboraí Profute
  • Miguel Couto
  • Paduano
  • Rubro
  • São Gonçalo FC
  • São José
  • Teresópolis
  • Tomazinho
  • União Central
  • União de Marechal

Em 03/02/2017 às 10 h33

Márcio assume culpa pelo terceiro gol da derrota do Bangu contra o Vasco

Goleiro confirma falha no gol olímpico de Nenê na vitória que fechou o duelo


Autor: Redação FutRio / Foto: Gabriel Andrezo (FutRio)

O goleiro Márcio não fugiu da responsabilidade e assumiu a culpa no terceiro gol do Vasco na derrota do Alvirrubro para a equipe de São Januário, nesta quinta-feira (02), em Moça Bonita. O Bangu foi batido por 3 a 1 e o gol em questão aconteceu já no final do encontro, feito por Nenê, em cobrança de escanteio direto. Além da culpa, Márcio creditou o tento a boa cobrança do 10 vascaíno.

- É bonito para ele. Tudo que eu falar agora é desculpa. O mérito é para ele. A gente sabe onde erramos, mas em uma cultura em que tudo, de repente, o goleiro é culpado, eu assumo que o erro é meu. E também méritos para o Nenê - disse.

O resultado deixou o Bangu em uma situação muito complicada na Taça Guanabara. Com dois jogos e apenas um ponto somado, o clube ainda faz três partidas na primeira parte em que o Alvirrubro participa do Carioca e precisa de uma combinação para passar de fase com tranquilidade. Márcio confirmou que a classificação ficou um pouco mais distante.

- A gente é sabedor de que não saiu da forma como esperávamos. Temos três jogos ainda e é pontuar o máximo possível e no final contra o Resende, termos um pouquinho de chance. Como á tiro curto, sabemos que ficou um pouco difícil - falou.

Agora o Bangu tem três dias de descanso até o duelo contra o Volta Redonda, na segunda-feira, dia seis de fevereiro. O duelo acontece às 20h, no Raulino de Oliveira. A Rádio FutRio transmite ao vivo a partida.

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por