Em 16/02/2017 às 21 h26

Agora titular do Resende, Luiz Felipe se prepara para encarar Loco Abreu

Goleiro ganhou a posição justamente na primeira vitória do Alvinegro no Estadual


Autor: Gabriel Farias / Fotos: Vitor Costa (FutRio) e Marcos Faria

Ele chegou ao Resende credenciado pela grande Copa Rio que fez pelo Friburguense em 2016, mas ficou no banco de reservas nas primeiras partidas do Campeonato Carioca. Em algumas delas, nem sequer foi relacionado. Até que surgiu a oportunidade de ser titular e como bom goleiro, Luiz Felipe agarrou com firmeza, sem dar rebote. Em sua primeira chance, passou sem levar gols e viu o Gigante do Vale derrotar a Portuguesa, conquistando seu primeiro triunfo na Taça Guanabara. A próxima missão é encarar o Bangu de Loco Abreu, um dos mais consagrados atacantes do Carioca.

- O Loco Abreu é um cara já com nome, um jogador diferenciado. A gente tem que estar preparado, se preocupando não só com o Loco Abreu, mas com os outros jogadores, um grupo do Bangu que é muito forte. Se eu tiver a oportunidade de estar no jogo, vai ser muito bom jogar contra ele porque é uma referência para todos nós - projeta o arqueiro.

Defender a meta do Resende não é missão das mais fáceis, já que a concorrência é pesada. Arthur e Filipe, dois jogadores da posição que possuem história no clube, são os colegas de posição. Mesmo sem ter sido utilizado no início, Luiz Felipe acredita que manter a dedicação em alta pode ter feito a diferença.

- Acho que os três goleiros que o Resende tem possuem condição de serem titulares. Independente de quem joga, o Resende está muito bem preparado na parte de goleiros. O treinador Ademir, o Jorge Lourenço, preparador de goleiros, sabem que os três têm condições de serem titulares. O que deve ter pesado é a dedicação de todos os treinos. Por mais que a gente não esteja jogando, tem que estar preparado para as oportunidades. Graças a Deus pude estrear com um bom jogo - conta.

Estar rodeado de bons goleiros não chega a ser novidade para Luiz Felipe, que chegou a treinar entre os profisisonais do Internacional (RS), onde disputou espaço com nomes como Alisson, atual titular da Seleção Brasileira, e Renan, que foi campeão mundial pelo colorado.

- Em todos os clubes que fui, foi complicado. O Brasil hoje está repleto de bons goleiros. Na minha opinião, o Brasil vive a melhor fase de goleiros. No Friburguense foi uma disputa muito difícil com o Afonso e os goleiros que estavam lá. No Internacional também, com Allison, goleiro de seleção; o Renan, campeão mundial; o Muriel. No Resende também são grandes goleiros, com uma concorrência boa e sadia.

Pressão em cima do adversário não traz vantagem


Quando for encarar Loco Abreu, em jogo que acontece no próximo sábado (18), pela rodada de encerramento da etapa classificatória da Taça Guanabara, Luiz Felipe e seus companheiros de Resende vão ter pela frente um Bangu pressionado, que não ainda não venceu em quatro compromissos no Estadual. O Alvirrubro até mesmo trocou de treinador: saiu Eduardo Allax, entrou Arturzinho. Na visão de Luiz, nada disso traz benefícios ao Gigante do Vale, que ainda sonha com vaga nas semifinais (para isso, precisa vencer e torcer por tropeços de Vasco e Volta Redonda).

image

- Não se tira nada de proveito. O time do Bangu, pelo que a gente sabe, é um bom time. Os 12 times que estão no campeonato são excelentes, então não tem jogo fácil. O Bangu tem bom time, boa base e vai ser um jogo difícil e temos os pés no chão que não ganhamos nada. Temos que elogiar eles, mas elogiar nosso time também. Vencemos a primeira num campeonato complicado, difícil de se ganhar.

Apesar do mando de campo ser do Resende, o clube vai ter que atuar contra o Bangu no Aniceto Moscoso, na cidade do Rio de Janeiro, bem distante do Estádio do Trabalhador, no Sul Fluminense. A mudança de local foi motivada por um pedido da detentora dos direitos de transmissão televisiva da competição. Luiz Felipe garante que a preparação não sofre alteração em virtude do novo palco.

- A gente está se preparando como se fosse dentro de casa. Se for fora, a preparação segue sendo a mesma. Dificuldade sempre vai ter, em casa e fora. O grupo é bom, experiente e temos que estar preparado para essas situações - completou.

Resende e Bangu medem forças no próximo sábado (18), às 16h30, no Aniceto Moscoso, em confronto com transmissão da Rádio FutRio.

Tags: Luiz Felipe, Resende, Carioca Série A

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por