Em 19/02/2017 às 12 h03

Nova Iguaçu e Bangu desencantam; Lusa e Macaé seguem no jejum de vitórias

Após cinco rodadas de Taça Guanabara, equipes ainda não conseguiram vencer


Autor: Redação FutRio / Fotos: Bernardo Gleizer (NIFC) e Emerson Pereira (BAC)

A quinta e última rodada da Taça Guanabara começou no sábado (18) com quatro equipes que ainda não haviam conseguido obter uma vitória sequer até então. Duas delas, enfim, deixaram a seca. Nova Iguaçu e Bangu venceram Macaé e Resende, respectivamente, e puderam saborear um triufo pela primeira vez no turno inicial. Por sua vez, Macaé e Portuguesa seguem convivendo com um jejum incômodo.

No Bangu, a troca de treinador surtiu efeito logo no primeiro teste. Após quatro partidas sem vitória com Eduardo Allax no comando, Arturzinho assumiu a missão de melhorar o quadro de uma das equipes pequenas que mais gastaram. E conseguiu aliviar a pressão, pelo menos de forma momentânea, ao bater o Resende por 1 a 0, assegurando a quarta posição do Grupo C e vaga no torneio de consolação da Taça Guanabara (disputa envolvendo terceiro e quarto colocados das chaves), que ainda não tem formato definido.

Já o Nova Iguaçu não precisou fazer alteração no comando técnico para voltar a sorrir. Edson Souza levou seus comandados ao primeiro triunfo na Taça Guanabara em partida onde começou perdendo diante do Macaé, mas conseguiu a virada, sacramentando o 3 a 1. Antes disso, a Laranja Iguaçuana havia acumulado três empates e apenas um revés na Taça Guanabara. Em terceiro na Chave B, não pode mais ficar abaixo da quarta colocação, independente do que aconteça no jogo entre Boavista e Botafogo. Com isso, também vai para a disputa do troféu paralelo às finais de turno.

Leão do Norte segue zerado

O Macaé foi outro time que apostou na troca de técnico. Saiu René Simões, entrou Toninho Andrade. Os resultados, no entanto, seguem os mesmos. A derrota por 3 a 1 para o Nova Iguaçu manteve o Leão do Norte Fluminense zerado após cinco rodadas. É, de longe, o pior desempenho do Alvianil Praiano desde que chegou à Série A do Campeonato Carioca. Com a classificação geral de momento, a equipe disputaria a seletiva de 2018.

image

Outro clube que também teria que participar da fase preliminar do Estadual do ano que vem seria a Portuguesa, que também não sentiu o sabor de uma vitória nas cinco rodadas do primeiro turno. Ao menos conquistou dois empates e não ficou sem pontos como o Macaé. O revés para o Vasco, por 1 a 0, jogou os lusitanos para a vice-lanterna no geral. Dessa forma, estaria voltando para a seletiva, pela qual passou nesta temporada.

Intertemporada e mais seis jogos pela frente

Descontados os compromissos do torneio de consolação, que não valerão para a classificação do Estadual, as equipes voltam a campo no dia 11 ou 12 de março, datas reservadas para a rodada inaugural da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Até lá, serão cerca de 20 dias de preparação visando manter a boa fase ou buscando a melhora de rendimento.

Primeira rodada da Taça Rio (dias 11 e 12 de março)
Macaé x Vasco - Moacyrzão*
Boavista x Fluminense - Elcyr Resende
Botafogo x Volta Redonda - Nilton Santos
Flamengo x Portuguesa - A definir
Nova Iguaçu x Bangu - A definir
Madureira x Resende - Aniceto Moscoso

*Estádio aguardando laudos técnicos

Tags: Bangu, Nova Iguaçu, Macaé, Portuguesa, Carioca Série A

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por