• Bangu
  • Boavista
  • Bonsucesso
  • Botafogo
  • Cabofriense
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Macaé
  • Madureira
  • Nova Iguaçu
  • Portuguesa
  • Resende
  • Vasco da Gama
  • Volta Redonda
  • America
  • Americano
  • Artsul
  • Audax Rio
  • Barcelona
  • Barra da Tijuca
  • Barra Mansa
  • Campos
  • Duque de Caxias
  • Friburguense
  • Gonçalense
  • Goytacaz
  • Itaboraí
  • Olaria
  • Queimados
  • Sampaio Corrêa
  • São Cristóvão
  • São Gonçalo EC
  • Serra Macaense
  • Serrano
  • Tigres do Brasil
  • Angra dos Reis
  • Araruama
  • Bela Vista
  • Ceres
  • Duquecaxiense
  • Futuro Bem Próximo
  • Juventus
  • Mesquita
  • Nova Cidade
  • Rio de Janeiro
  • Rio São Paulo
  • Santa Cruz
  • São Gonçalo FC
  • Campo Grande
  • Condor
  • Itaboraí Profute
  • Itaperuna
  • Miguel Couto
  • Paduano
  • Rubro
  • São José
  • Teresópolis
  • Tomazinho
  • União Central
  • União de Marechal
  • Na folia

Em 20/03/2017 às 14 h39

Ausência de selecionados acirra disputa por posições no Flamengo

Mancuello, que vem atuando no ataque, se vê apto a substituir Diego


Autor: Marcos Coelho / Foto: Gilvan de Souza (CRF)

Serão três rodadas sem quatro jogadores que estão servindo suas respectivas seleções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Só no time titular serão três vagas abertas para as próximas rodadas do Campeonato Carioca e somente uma com um substituto definido, Renê atuando no lugar de Trauco, na lateral esquerda. As ausências de Diego e Guerrero darão ao técnico Zé Ricardo a chance de observar outras opções do elenco.

No ataque, Leandro Damião e Felipe Vizeu, que já atuaram juntos, tendem a disputar a vaga de centroavante a partir do duelo contra o Bangu, na próxima quarta-feira (20). Já com a saída de Diego o leque de opções é maior. Mancuello, que originalmente atua no meio, mas vem exercendo a função de atacante em 2017, se colocou à disposição de Zé Ricardo para assumir o papel da criação no time do Flamengo.

 - Ainda não definimos a equipe. No ano passado, eu tinha jogado nessa posição (do Diego) em vários jogos. Nesse ano, falei que queria jogar pela direita. A maioria dos jogos desse ano foi pela direita. Então, começamos jogando num 4-2-3-1, com o Diego no meio, mas também temos variações táticas para substituí-lo. É um grande jogador, que precisamos muito, mas vamos trabalhar duro para não sentirmos sua falta - analisou o argentino.

Uma possível volta de Mancuello ao meio-de-campo pode resolver a equação do setor, mas abre mais uma vaga na linha ofensiva. Zé Ricardo, então, tem a opção de colocar Felipe Vizeu e Leandro Damião juntos, como na partida contra a Portuguesa, pela 1ª rodada da Taça Rio, ou apostar mais uma vez em Berrío. Gabriel, que se recupera de dores musculares, também é cotado.

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por