Em 16/07/2017 às 16 h26

Atuação do árbitro é contestada por Moresche, que viu gol além do tempo

Artsul saiu na frente do Itaboraí, mas sofreu empate nos acréscimos da etapa inicial


Autor: Redação FutRio / Foto: Vitor Costa (FutRio)

Um jogo quente, com muita reclamação de ambos lados. Assim foi o empate entre Itaboraí e Artsul, por 1 a 1, no Alzirão, no último sábado (15). Por parte do time visitante, a principal queixa ficou por conta dos acréscimos do primeiro tempo. O árbitro Mauricio Machado Coelho Junior apontou quatro minutos a mais. E foi justamente nesse período que Fabão igualou a partida com gol de cabeça. O técnico Alessandro Moresche alega que o tento saiu aos 52, com o tempo extra estourado. Ao questionar o juiz no intervalo, foi expulso.

- É lamentável. Estou ali sempre marcando o tempo de jogo, com uma pessoa no banco específica para isso. Já tinha passado, tínhamos 52 minutos de jogo, sendo que ele tinhado mais quatro, ou seja, até 49. Ele deu 52 minutos. Tanto insistuiu que eles acabaram empatando no finalzinho do primeiro tempo - disse o comandate do Tricolor da Dutra, que admitiu ter se excedido na reclamação.

- Ocasionou uma reivindicação da minha parte junto ao juiz e fui expulso, porém, são coisas do futebol. Me exaltei, fui com vontade muito grande, e principalmente porque o gol saiu nessa situação do acréscimo do jogo.

Sobre o jogo em si, Moresche avaliou o empate a partir de dois pontos de vistas diferentes. Pelas chances criadas, o técnico lamentou ter saído do Alzirão com apenas um ponto. Já analisando o adversário, ele encontrou pontos positivos no resultado final.

- Sem dúvida nenhuma não podemos ir 100% desanimados. Lógico e evidente que o resultado positivo nos agradaria, ainda mais que tivemos duas ou três situações de gols bem claras, no meu modo de ver. Por isso saímos com uma frustração. Mas sabemos também que o Itaboraí vai vir com força máxima no segundo turno, querendo reverter a situação que foi no primeiro. Sabemos das dificuldades do gramado, com a torcida comparecendo e incentivando o times deles - ponderou o treinador, que completou em seguida.

- O resultado poderia ter sido melhor, mas vamos para casa com esse um pontinho, tentando buscar em nosso estádio, frente ao Americano, no próximo sábado, os três pontos. É levantar a cabeça, concertar erros principalmente na parte defensiva, para que não voltem a acontecer.

Artsul e Americano medem forças no próximo sábado (22), às 15h, no Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu.

Tags: Artsul, Carioca Série B, Alessandro Moresche

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por