Em 13/08/2017 às 11 h59

Impiedoso, Itaboraí Profute goleia Heliópolis por 6 a 1 pela Série C

Placar elástico já foi feito no primeiro tempo e ampliado no segundo


Autor: Renan Mafra

O Itaboraí Profute não tomou conhecimento do Heliópolis e goleou o adversário pelo placar de 6 a 1 na manhã deste domingo (13), em partida que abriu a quarta rodada da Série C do Campeonato Carioca ocorrida no Estádio Joaqui Flores, em Nilópolis. Os gols do massacre foram marcados por Suellington, Neilson (duas vezes), Wladimir (duas vezes) e Kiki. Matheus anotou o gol de honra dos mandantes. 

Com o resultado, o Heliópolis afunda ainda mais na lanterna do Grupo B da Série C do Carioca, ainda sem nenhum ponto conquistado. O Itaboraí Profute, por sua vez, assume a liderança da mesma chave, mas pode ser ultrapassado pelos times que jogarão à tarde.

Com facilidade, Profute faz 4 a 1

O Profute começou o jogo com tudo, sem dar espaços ao Heliópolis e abriu o placar logo aos quatro minutos. Wladimir levantou na área e Suellington completou para as redes. E não demorou para sair o segundo, antes mesmo da parada técnica. Kiki fez boa jogada individual e passou pra Neilson, que dominou e bateu cruzado, sem chances para o goleiro, e ampliou o placar. O Azulão de Belford Roxo não conseguia criar jogadas, mas na única vez que foi ao ataque, diminuiu o placar na bola parada.

Aos 29 minutos, Selthon levantou a bola e Matheus nem precisou sair do chão para marcar de cabeça. Porém, o Profute seguia dominando a partida e ampliou o marcador aos 43 minutos. Em uma linda cobrança de falta, Wladimir cobrou por cima da barreira e fez um golaço. Logo em seguida, Jefinho saiu na cara do gol e foi derrubado pelo zagueiro Gabriel, que era o último homem e foi expulso. Wladimir, mais uma vez com grande categoria, bateu, desta vez do lado do goleiro, e fez 4 a 1.

Profute mantém o ritmo e faz mais dois

Na segunda etapa, o Profute não diminuiu o ritmo e fez o quinto aos dez minutos. Kiki fez grande jogada individual pela esquerda, cruzou pra Neilson, que sem ser incomodado, dominou e bateu forte, sem chances para Berg, que havia entrado no intervalo, na meta do Heliópolis. Não demorou muito pra sair o sexto. Após lançamento longo, Kiki dividiu com o goleiro que acabou dando um soco na cabeça do atacante e o árbitro marcou pênalti. O próprio Kiki bateu e fez 6 a 1.

Com a goleada consumada e a vantagem numérica em campo, o Profute administrou o jogo e manteve a posse de bola em seus pés. Sem forças para reagir, o Heliópolis apenas se defendeu para evitar um vexame maior é a partida acabou com o placar de 6 a 1.

Na próxima rodada, a quinta da Quartona do Campeonato Carioca, o Heliópolis, novamente no Joaquim Flores, vai encarar o União de Marechal, no próximo sábado (19), às 10h. No mesmo estádio e no mesmo dia, só que às 15h, o Itaboraí Profute medirá forças com o EC Resende.

A partida
Heliópolis 1x6 Itaboraí Profute - Campeonato Carioca Série C, 4ª rodada - 13/08/2017 às 10h

Estádio Joaquim Flores (Nilópolis - RJ)
Árbitro: Rogério Lucas dos Santos
Assistentes: Jose Carlos Batista de Arruda e Raphael de Lima Carneiro

Heliópolis: Tiago Santos (Berg, intervalo); Walace (Leandro, intervalo), Gabriel, Luan e Matheus Ribeiro; Weslei, Matheus Silva, Lucas Amorim (Cleiton, 15'/2ºT)e Selthon; Alex e Kaue. Técnico: Bento Kojak.

Itaboraí Profute: Roberto; Mario (Chamisco, 24'/2ºT), Rincon, Pitbul e Japão; Piauí, Wladimir, Jefinho (Badoé, 24'/2ºT) e Suellington; Kiki e Neilson (Darlan, 24'/2ºT). Técnico: Paulo Roberto.

Cartões amarelos: Djean, Berg, Luan (HEL); Jefinho (IPF)

Cartões vermelhos: Gabriel, 45'/1T (HEL)

Gols: Suellington, 4'/1ºT (0-1); Neilson, 15'/1ºT (0-2); Matheus, 29'/1ºT (1-2); Wladimir, 43'/1ºT (1-3); Wladimir, 46'/1ºT (1-4)

Tags: Itaboraí Profute, Heliópolis

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por