Em 14/08/2017 às 12 h26

Mesquita vence o Ceres, lidera grupo e reassume segunda posição geral

Com vitória, Tubarão da Baixada retoma segunda colocação da Série B2


Autor: Caio Figueroa / Fotos: Anderson Luiz (Full Press)

Com gols de Marcos Vinicius e Rafinha, o Mesquita conquistou uma importante vitória nesta segunda-feira (14), pela Série B2 do Campeonato Carioca. Pela manhã, na Rua Bariri, o Tubarão da Baixada derrotou o Ceres pelo placar de 1 a 0, resultado que o recolocou na liderança do Grupo B do segundo turno e também fez o Tubarão da Baixada reassumir a vice-liderança geral da Terceirona, com 17 pontos. O Ceres, com a derrota, segue em penúltimo lugar, na zona de rebaixamento, com 11 pontos.

A partida já teve emoção antes mesmo da bola rolar. O Mesquita entrou em campo pouco antes das 10h, mas o Ceres ficou nos vestiários. Quando o time finalmente subiu a campo, veio a informação de que não havia um médico do clube. Depois de minutos de ansiedade e expectativa, já que 30 minutos sem um médico que represente os mandantes significam uma derrota por WO, o médico do Ceres finalmente chegou, esbaforido. A bola rolou com 26 minutos de atraso.

O zero só não saiu do placar logo nos primeiros minutos de jogo por puro capricho. O Mesquita dominou o jogo e criou, quatro oportunidades muito claras de abrir o marcador. A primeira veio aos 24 minutos: Marcos Vinicius conseguiu arrancada espetacular pela direita, saiu do meio do campo até invadir a área, mas bateu abafado pelo goleiro Léo Flores, que saiu bem e defendeu. Quatro minutos depois, uma chance inacreditável: Rafinha fez linda jogada pela esquerda, rolou para o meio da área após a saída do goleiro e Marquinhos, sem goleiro e três defensores na sua frente, conseguiu a proeza de chutar por cima do travessão.

A pressão continuou e o Mesquita teve mais duas chances evidentes. Aos 34 minutos, Rafinha foi lançado, tocou por cima de Léo Flores, mas o zagueiro Michel cortou antes que a bola entrasse. Aos 40, Átila deu lindo passe para Marcos Vinicius, que, completamente livre de marcação e no bico da pequena área, chutou na trave direita. O Ceres demonstrou problemas físicos na etapa inicial. Dois atletas saíram lesionados e outros mancaram em dados momentos. Apesar das dificuldades, o Alviceleste segurou a pressão e conseguiu ir para o vestiário com o empate mantido.

image

Para o segundo tempo, o Ceres confirmou o mau condicionamento físico. O goleiro Léo Flores, que já mancava e não batia tiros de meta na primeira etapa, saiu no intervalo, dando vaga a Gabriel. E o camisa 12 não deu sorte: foi vazado com poucos segundos. A zaga do Ceres afastou mal, se embolou e Marcos Vinicius bateu no canto, abrindo o placar. Já no segundo minuto, Marquinhos chutou rasteiro e cruzado, obrigando Gabriel a fazer defesa difícil e quase ampliando.

O gol não parou o Mesquita, que continuou pressionando e criando chances com Rafinha, de cabeça, e Átila, de falta. De tanto perder chances, o Ceres foi, muito timidamente, crescendo na partida, mas pecando tecnicamente. Aos 27 minutos, veio a primeira boa chance do Alviceleste em toda partida, quando Manyoma recebeu na linha da pequena área e, livre, chutou para fora, inacreditavelmente.

A resposta veio no lance seguinte: após jogada de Marquinhos, Digrego recebeu dentro da área e bateu no contrapé de Diego, que conseguiu se recuperar e espalmar. O jogo parecia que engrenaria, mas perdeu em volume. Em quase todas as boas chegadas as assistentes assinalaram impedimento. Assim, o tempo foi correndo. Até os 44 minutos, quando Rafinha invadiu a área pela esquerda, cortou para o meio e fuzilou no ângulo, ampliando para o Mesquita e matando o jogo.


A partida
Ceres 0x2 Mesquita - Campeonato Carioca Série B2, 5ª rodada do segundo turno - 14/8/2017 às 10h

Estádio da Rua Bariri (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Beatriz Oliveira Dantas
Assistentes: Lilian Fernandes Bruno e Beatriz Geraldini de Sousa

Ceres: Léo Flores (Gabriel - intervalo); Lucas (Rômulo 19'/1ºT), Elton (Andrés 30'/1ºT), Michel e Rafinha; Thiago Sapo, William Carlos, Eudes e Leandrinho; Ronald e Manyoma. Técnico: Alexandre Barros.

Mesquita: Diego; Mathaus, Rodrigo Raggio, Yago e Marcelinho; Átila (Magnor 38'/2ºT), Makelele e Moysés (Lucão 20'/2ºT); Marcos Vinicius (Digrego 25'/2ºT), Marquinhos e Rafinha. Ténico: Zilla Cardoso.

Cartões amarelos: Thiago Sapo, Manyoma, William Carlos (CER); Digrego, Mathaus, Rodrigo Raggio (MES)

Gol: Marcos Vinicius, 1'/2ºT (0-1); Rafinha, 44'/2ºT (0-2)

Renda e público: não disponíveis

Tags: Ceres, Mesquita

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por