Em 09/09/2017 às 06 h13

Itaboraí x America: matar ou morrer pelo sonho do acesso à elite estadual

Quem vencer vai ao jogo do decisivo contra o Audax; perdedor fica pelo caminho


Autor: Redação FutRio / Fotos: Gabriel Farias, Divulgação (America Rio) e Vitor Costa

Vencer e ficar a uma partida do acesso. Perder e adiar o sonho para 2018. Num duelo repleto de pressão e com toda responsabilidade do ano nas costas, Itaboraí e America entram em campo às 15h deste sábado (9), no Estádio Elcyr Resende, em Saquarena. Em disputa estará o título da Taça Corcovado - segundo turno da Série B1 do Campeonato Carioca - e uma vaga no jogo do acesso, contra o Audax, no dia 16. A Rádio FutRio transmite.

image

As equipes possuem trajetórias parecidas na Segundona Estadual. No primeiro turno, campanhas ruins, que sequer renderam lugar nas semifinais. Já na metade derradeira, com os comandos técnicos trocados, o desempenho cresceu. O America de Lucho Nizzo ficou em segundo lugar no Grupo A e na semi eliminou o Artsul, vencendo por 2 a 0. Já o Itaboraí de Chiquinho Lima ficou na liderança da chave e conquistou um lugar na decisão ao bater o Goytacaz por 3 a 1.

O encontro entre os dois times será o segundo na atual temporada. Ainda na Taça Santos Dumont, o embate aconteceu no Estádio de Moça Bonita. Na ocasião, os rubros levaram a melhor: triunfo por 2 a 0. Desde então, muita mudança foi vista. Uma coisa é certa: sem vantagem do empate para nenhum dos lados, quem vencer segue adiante. O perdedor, dá adeus. Em caso de empate, as temidas penalidades definirão o destino do troféu.

Para Edu, Itaboraí cumpre papel de azarão

Com oito gols marcados e um segundo turno que o credencia a um dos principais nomes da competição, o atacante Edu vem chamando a responsabilidade durante a boa fase da ADI. Além de balançar as redes, também vai se caracterizando pelas assistências. Ao analisar a final, no entanto, ele deixa claro: o peso do favoritismo está do outro lado. O artilheiro acredita que a tradição traz uma responsabilidade maior neste momento mais agudo.

- Favoritismo é todo deles. Eu costumo dizer que os times de tradição esse ano chegaram de novo. Nós somos o time azarão, mas se deixar o azarão gostar do jogo, ele vai beliscar e ser campeão - avisou.

Do outro lado, concentração máxima desde quinta-feira

A diretoria do America parece ter entendido bem o peso do confronto diante do Itaboraí. E não poupou esforços para deixar os atletas nas melhores condições possíveis. Desde a última quinta (7) o elenco está concentrado no Centro de Treinamento da CBV, em Saquarema. Um imvestimento fora dos padrões se considerado o cenário de dificuldades financeiras da competição.

- Temos que vencer esse jogo, que é muito importante, e que vai nos credenciar ao jogo do acesso. Não adianta ficar pensando três, quatro jogos à frente. Estamos trabalhando muito a questão emocional, estou procurando passar tudo que passamos até aqui e agora não tem mais volta, é só ida - disse o técnico Lucho Nizzo.

Nas arquibancadas, meio a meio

Num acordo entre os clubes, ficou definida a realização da final em campo neutro, diferente do previsto em regulamento, que indicava sorteio para apontar um mandante. Com Saquarema como destino, as diretorias resolveram rachar a conta. Despesas, operação de logística e até entradas: tudo será dividido de maneira igualitária. A carga total de ingressos é de 990.

image

A direção do Itaboraí optou por realizar promoção com as entradas que lhe serviram. Todas estão sendo comercializadas pelo valor de meia entrada, ou seja, R$ 15. Até mesmo uma caravana gratuita foi montada. Seis ônibus estão sendo disponibilizados para levar parte dos torcedores ao município da Região dos Lagos. Já no America, a opção pelo Elcyr Resende foi bem recebida pelos atletas. O gramado foi um ponto elogiado.

- É um campo neutro, mas eu acho que o jogo ter ido para o Elcyr Resende foi algo positivo porque é um campo bom, dá para colocar a bola no chão e jogar do jeito que a gente sabe. Acabamos de fazer uma boa partida contra o Artsul e temos de manter a mesma pegada para a grande final - disse Juninho Bolt.

A partida
Itaboraí x America - Carioca Série B1, Taça Corcovado, final - 09/09/2017, às 15h

Estádio Elcyr Resende de Mendonça (Saquarema - RJ)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos

Itaboraí: Julio; Raphael Neuhaus, Fabão e Rodrigão; Crispin, Peterson, Junior Pagode, Léo Franco e Valdinei; Bruno Santos e Edu. Técnico: Chiquinho Lima.

America: Felipe; Belarmino, Pessanha, Raphael Azevedo e Tiago Corrêa; Alan Nascimento, Anderson Künzel e Léo Rocha; Nivaldo (Juninho Bolt), Allan e Robinho. Técnico: Lucho Nizzo.

Tags: Itaboraí, America, Carioca Série B1

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por