Em 04/10/2017 às 21 h57

Marcelo Vianna cita plena aceitação da Seletiva e explica início em dezembro

Primeira fase com seis clubes terá bola rolando ainda no ano de 2017


Autor: Gabriel Farias / Foto: Claudio Burger (FutRio)

Pela segunda edição consecutiva - conforme prevê o Estatuto do Torcedor - o Campeonato Carioca terá o polêmico regulamento com a fase preliminar, chamada por muitos de Seletiva. E com uma novidade: o certame de 2018 começando ainda em 2017, com as duas primeiras rodadas desta etapa inicial acontecendo nos dias 20 e 27 de dezembro. Em entrevista ao FutRio.net após a reunião do Conselho Arbitral realizada nesta quarta-feira (4), o diretor de competições da Federação de Futebol do Rio (FERJ), Marcelo Vianna, disse que nenhum dos clubes se mostrou contrário.

VEJA TAMBÉM:
Arbitral define tabela do Carioca 2018; Seletiva começa às vésperas do Natal
Carioca 2018: apenas a segunda vez em que um Estadual começa no ano anterior
Seletiva terá jogos entre o Natal e o Réveillon; confira a tabela completa


Vianna lembrou que a mudança na fórmula de disputa foi uma condição da detentora dos direitos de transmissão (a Rede Globo) para que a competição fosse enxugada sem um rebaixamento tão bruto, com seis equipes caindo. Ele destacou ainda os benefícios na parte financeira, que abrangem até mesmo as Séries B1 e B2 (segunda e terceira divisões estaduais). Mesmo assim, admitiu entender o lado de quem possa se sentir frustrado com uma possível não participação na etapa principal, citando especificamente Goytacaz e America, que subiram da Segundona.

- Para mim é a primeira fase do campeonato e a outra é a fase principal, que corresponde à segunda fase - disse inicialmente Marcelo Vianna, rechaçando o termo "Seletiva", para só depois falar sobre a não manifestação dos clubes.

- Pelo menos de maneira efetiva no Arbitral, nem America, nem Goytacaz, nem os outros clubes, se manifestaram de maneira efetiva. Lógico que, na minha visão, existe até mais propósito de America e Goytacaz, do que dos demais. Os demais já estavam ali. Realmente quem sobe da Série B é quem pode ter certa condição de reclamar de maneira mais acentuada.

O dirigente prosseguiu a explicação lembrando o pedido da Rede Globo e comentando as vantagens financeiras que o contrato de TV, assumido para a edição de 2017, trouxe para quase todo futebol do Rio de Janeiro.

- É uma posição de nosso principal patrocinador. É daí que vem a receita do campeonato, tudo que se pode ser realizado no campeonato. O que se pode fazer de maneira mais efetiva, se você partir para uma coisa mais bruta, é rebaixar seis clubes para jogar um campeonato com 12. Então com esse pensamento, para que vários clubes não ficassem à deriva, foi implementado esse sistema. A partir daí é justo.

- Você jogou uma Série B1, essa que acabou, sem custo de borderô (despesas com operação dos jogos). Como isso foi possível? Não é mágica, o dinheiro não cai do céu. Ele vem de um contrato de televisão que estabelecia todo esse processo. Então é isso. Entendo a frustração. O cara preferia estar direto na fase principal, mas é assim. A regra do jogo é essa e precisa ser cumprida.

Início ainda em dezembro: explicação

Uma notícia não muito agradável para os seis clubes da Seletiva é que a bola começa a rolar já em dezembro. Das cinco rodadas da etapa preliminar, duas acontecerão antes de 2018, nos dias 20 e 27 do mês 12. As outras três jornadas serão entre 6 e 13 de janeiro. A antecipação está calçada na realização da Copa do Mundo, que apertou o calendário do futebol nacional na próxima temporada.

A fase principal, que na edição de 2017 começou no final de janeiro, foi antecipada para o dia 17. Dessa forma, segundo Marcelo Vianna, ficou praticamente impossível colocar toda etapa preliminar em janeiro.

- Beira o impossível. Fica muito próxima uma data da outra. Tem que jogar segunda, depois jogar quinta, segunda... inviabiliza. Você pode ter algum problema no caminho, pode ter que fazer uma partida num dia que tenha uma enchente, alguma coisa nesse sentido, e você pode acabar correndo o risco de atrapalhar a fase principal do campeonato - detalhou Vianna, que ratificou a plena aceitação dos clubes também nesse tema.

- Também nesse sentido ninguém se manifestou de maneira ofensiva. Colocamos as datas que a gente entende serem as datas mais propícias para realização do evento, que são 20 de dezembro e 27, aí depois você para, tem o Ano Novo, e você continua nos dias 6, dia 10 e dia 13. E no dia 17 começa a segunda fase. Num ano de Copa do Mundo onde o calendário é apertado, é isso.

Com o martelo batido, a primeira rodada da Seletiva ficou definida da seguinte maneira (confira a tabela completa aqui):

Dias 20 ou 21 de dezembro
America x Bonsucesso
Cabofriense x Resende
Macaé x Goytacaz

Tags: Campeonato Carioca, FERJ, Marcelo Vianna

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por