Em 13/11/2017 às 21 h10

Sem pagar dívidas, três clubes são novamente punidos pela Federação

Miguel Couto, Paduano e Itaperuna são impedidos de disputar qualquer campeonato


Autor: Redação FutRio / Foto: Gabriel Andrezo (FutRio)

Na última semana da Série C do Campeonato Carioca, três clubes já eliminados da competição receberam uma notícia ainda pior do que a de não poderem seguir no torneio. Miguel Couto, Itaperuna e Paduano, que já tinham sido suspensos por não terem pago as dívidas relativas a borderôs de jogos do certame, receberam uma nova punição nesta segunda-feira (13) por parte da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ). As equipes perderam seus direitos associativos e foram impedidas de disputar outras competições até que regularizem as pendências.

As três equipes já tinham recebido uma suspensão, há duas semanas, por não terem pago borderôs dos jogos da Quartona. A decisão da FFERJ ratificou a suspensão de ambos clubes e, como os clubes já não voltarão a campo pela Série C, acabou estendida para outras competições, como torneios de base. A medida coloca em risco até mesmo a participação destas equipes no campeonato do ano que vem. Um arbitral para começar a definir os destinos da Quartona de 2018 está marcado para o dia 28 deste mês.

Miguel Couto, Itaperuna e Paduano, agora, terão um problema a mais além das já conhecidas dívidas. Os clubes já tinham anunciado, pouco depois da suspensão, que dificilmente teriam condições de arcar com as pendências antes do fim da Série C. No caso do Itaperuna, as dívidas acabaram com as chances de acesso do time, que dependia de duas vitórias nos últimos dois jogos para chegar ao play-off, mas perdeu estas partidas por WO, uma vez que estava suspenso.

Tags: Carioca Série C

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por