Em 12/01/2018 às 16 h12

Após dois tropeços, Macaé trabalha o lado emocional antes de jogo decisivo

Volante Anderson classifica duelo contra o Resende como "jogo do ano"


Autor: Renan Mafra / Foto: Vitor Costa (FutRio)

Depois de dois tropeços seguidos, o Macaé vai pra última rodada da Seletiva do Campeonato Carioca ainda dependendo apenas de si, mas com Goytacaz e Bonsucesso na cola. Uma vitória sobre o eliminado Resende deve ser suficiente para garantir o Alvianil na fase principal. No entanto, o objetivo maior é controlar o desgaste psicológico. Afinal, na rodada passada, o time empatou com um já descartado America.

- Acho que a maior dificuldade é o lado emocional. Teremos que saber lidar com toda ansiedade de ter que fazer o placar e sabemos também que mesmo sem chances de se classificar, a equipe do Resende é muito qualificada. Será o jogo do ano pra nós - afirmou o volante Anderson, que voltou ao time após cumprir suspensão.

Como é natural de uma última rodada, além de se preocupar com o adversário, uma equipe tem que se preocupar com outros jogos. Anderson garantiu que o Macaé está focado no Resende, mas não escondeu que será inevitável buscar saber o placar de Bonsucesso e Goytacaz.

- Temos que se preocupar com nosso jogo primeiro, pois a vitória nos deixa bem, até porque temos saldo de gols maior que o Goytacaz e Bonsucesso. Mas vamos querer ficar sabendo também quanto está o jogo deles. Isso vai ser inevitável - ressaltou.

A partida entre Macaé e Resende acontece neste sábado (13), às 16h, no Estádio do Trabalhador. 

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por