Em 18/01/2018 às 21 h30

Bangu vence o Vasco em São Januário, pela estreia no Carioca: 2 a 0

Rodney e Anderson Lessa decidem o jogo em noite de estádio vazio


Autor: Redação FutRio / Fotos: João Carlos Gomes (BAC)

O Bangu estreou com vitória no Campeonato Carioca de 2018. E foi em grande estilo. Dentro de São Januário, o Alvirrubro da Zona Oeste derrotou o Vasco da Gama pelo placar de 2 a 0, com gols de Rodney e Anderson Lessa, um em cada tempo. Num jogo que teve portões fechados por causa da grande confusão política no clube da Colina, a equipe de Alfredo Sampaio não se intimidou e conquistou um resultado marcante logo em sua primeira partida na Taça Guanabara. Foi apenas a quarta vitória do Bangu em São Januário em 67 partidas, desde 1927.

image

No primeiro jogo sem torcida em um Carioca da Série A desde 2013, a partida começou sob forte calor, mesmo já sem o sol, por ter se iniciado às 19h30. Os 34 graus que faziam na Colina até pareciam Moça Bonita, mas ninguém pensava que o domínio alvirrubro fosse acontecer em plena estreia de Estadual. A primeira chegada foi banguense, com Valdir cobrando falta e obrigando Martín Silva a fazer uma boa defesa. O Vasco respondeu com Evander, que recebeu de Wagner e chutou para defesa de Célio Gabriel.

A equipe da casa, que era empurrada por uns cem torcedores que estavam do lado de fora do estádio, começou a pressionar. Aos 15 minutos, Paulinho fez uma boa jogada individual, passou pelos marcadores, entrou na área e cruzou, mas Célio defendeu. Na sobra, Evander não conseguiu acertar a baliza. Em seguida Nenê cobrou escanteio da direita e Evander, de longe, cabeceou com força e a bola bateu na trave. O jogo foi ficando mais franco e Almir arriscou pelo Bangu, em chute que passou perto da baliza de Martín Silva.

Mesmo jogando fechado na defesa, o Bangu conseguiu chegar ao seu gol ainda durante o primeiro tempo, numa bobeira defensiva rival. Aos 41, Guilherme fez jogada pela esquerda, cruzou para Marcos Junior, que tentou dominar, mas não conseguiu. A bola sobrou para o estreante Rodney bater cruzado, rasteiro, no canto de Martín Silva: 1 a 0 para o Alvirrubro, dando o primeiro passo para uma vitória diante de um Vasco, até então, pouco inspirado.

Depois do intervalo, os vascaínos tiveram muito mais volume de jogo, mas falhavam na hora de levar perigo. A primeira chance clara da etapa final saiu apenas aos 21 minutos. Nenê fez uma linda jogada e cruzou na medida a Caio Monteiro, que cabeceou para ótima defesa de Célio Gabriel. Ríos chegou completando no rebote, mas estava impedido. O Bangu permaneceu se fechando e foi parando o jogo com as cinco substituições a que tinha direito.

image

O Vasco também mexeu muito graças à nova regra instituída para este Estadual. O time de Zé Ricardo acabou se desorganizando, dando um prato cheio para o Bangu aproveitar. Anderson Lessa já tinha sido perigoso em uma jogada anterior mas, aos 37, não falhou. O atacante, que entrara havia poucos minutos no jogo, entrou livre de marcação após um cruzamento da esquerda de Everton Sena e completou para as redes, fazendo 2 a 0.

Ainda houve tempo para o meia Nenê, do Vasco, ser expulso no último minuto, por ver o segundo cartão amarelo. Um provável fim melancólico para a era Eurico Miranda dentro do Vasco; uma vitória histórica do Bangu em território adversário, que só se repetiu outras três vezes: em 1946, 2002 e 2013.


A partida
Vasco 0x2 Bangu - Taça Guanabara, 1ª rodada - 18/1/2018 às 19h30

Estádio de São Januário (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha

Vasco: Martín Silva; Yago Pikachu, Luiz Gustavo (Desábato 16'/2ºT), Ricardo Graça e Henrique; Wellington (Caio Monteiro 16'/2ºT), Wagner (Guilherme Costa 37'/2ºT), Evander (Andrey 37'/2ºT), Nenê e Paulinho; Ríos (Paulo Vitor 27'/2ºT). Técnico: Zé Ricardo.

Bangu: Célio Gabriel; Valdir, Michel, Dalton (Rogério Xodó 20'/2ºT) e Guilherme; Magno, Marcos Júnior, Rodney (Oliveira 20'/2ºT) e Almir (Léo Jesus 31'/2ºT); Sidney (Everton Sena - intervalo) e Nílson (Anderson Lessa 31'/2ºT). Técnico: Alfredo Sampaio.

Cartões amarelos: Nenê, Ríos (VAS); Michel (BAN)
Cartão vermelho: Nenê (VAS), 48'/2ºT

Gols: Rodney 43'/1ºT (0-1); Anderson Lessa 37'/2ºT (0-2)

Renda e público: portões fechados

Tags: Bangu, Vasco

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por