Em 20/01/2018 às 00 h58

Após grande reviravolta, Campello é o novo presidente do Vasco

Antes vice de Julio Brant, candidato mudou de lado na véspera da eleição e a venceu


Autor: Redação FutRio / Foto: Divulgação (CRVG)

O Vasco da Gama viveu, nesta sexta-feira (19), a maior de suas reviravoltas políticas em todos os tempos. Uma complexa manobra permitiu a Alexandre Campello, inicialmente vice da chapa de Julio Brant, vencedora no pleito de novembro, juntar-se à chapa apoiada por Eurico Miranda, derrotado nas urnas. Como a definição sobre o novo presidente depende do conselho de bememéritos, o mesmo decidiu que Campello será o mandatário do clube para o triênio 2018-2020. Ele conquistou 154 votos, contra 88 de Brant. Pela primeira vez em quase 120 anos de clube, um presidente escolhido pelos sócios não foi eleito de fato para exercer o cargo.

Alexandre Campello mudou de lado na eleição apenas um dia antes dela acontecer. Nesta quinta-feira, o candidato, até então vice-presidente geral da chapa de Julio, decidiu que a deixaria. Já nas primeiras horas desta sexta, foi anunciado o acordo entre ele e a chapa de Eurico Miranda, que já tinha anunciado que não entraria como candidato na eleição entre os conselheiros. Assim, Campello pôde competir com Brant na eleição, uma vez que qualquer sócio benemérito do Vasco está apto a disputar a eleição.

Até esta semana, Julio Brant já considerava certa sua vitória. Mas o primeiro sinal da reviravolta na sede da Lagoa já tinha sido dado. Com o já anunciado "racha" entre Brant e Campello, desde o começo da semana, os conselheiros se dividiram e a influência de Eurico Miranda ajudou a mudar o cenário. A chapa de Brant se apressou e nomeou Antônio Soares Calçada, presidente do Vasco por 18 anos, como seu novo vice geral, na tentativa de equilibrar as ações e dividir os votos.

A primeira eleição, para o presidente do conselho deliberativo. apontou vitória para Roberto Monteiro, aliado de Campello. Antes mesmo do resultado ser divulgado, Brant pegou o microfone para falar, lembrando da decisão tardia de Campello em mudar de lado. Houve vaias no salão nobre e uma grande confusão se instaurou. Do lado de fora, cerca de 500 torcedores se amontoavam, desde o fim da tarde, à espera de notícias. Porém, confusões também foram registradas do lado de fora e até bombas foram lançadas.

Com a vitória de Monteiro, ex-presidente da torcida organizada Força Jovem Vasco e que já concorreu ao cargo em outras oportunidades, ficou evidente que Campello sairia vencedor. E assim se confirmou, já na madrugada deste sábado. Elói Ferreira de Araújo será o primeiro vice-presidente geral e Sonia Maria Andrade dos Santos, a segunda. Além deles, Sérgio Tavares Romay será o vice-presidente do conselho deliberativo, com Rogério Peres Fernandes e Anídio Barreira Duarte como secretários.

Tags: Vasco

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por