Em 13/02/2018 às 15 h06

Veto do Nilton Santos em final da GB é por conta de provocação no clássico

Botafogo se manifestou através de nota oficial nesta terça-feira (13)


Autor: Redação FutRio / Foto: Gilvan de Souza (CRF)

Através de nota oficial publicada nesta terça-feira (13), no site oficial do clube, o Botafogo esclareceu o veto do Estádio Nilton Santos para a decisão da Taça Guanabara, entre Boavista e Flamengo, no próximo domingo. Ao contrário das primeiras notícias, que alegavam instatisfação alvinegra por conta do valor de R$ 100 mil estabelecido pelo aluguel em regulamento, o real motivo foi a provocação de Vinicius Junior no clássico de sábado, vencido pelos rubro-negros.

O jogador do Flamengo marcou o terceiro gol de sua equipe, que bateu o Botafogo por 3 a 1. Na comemoração, fez o gesto do chororô, que ganhou notoriedade ao ser feito por Souza "Caveirão", após o Campeonato Carioca de 2008, quando o time da Gávea superou o de General Severiano na decisão.

No comunicado emitido, a direção alvinegra qualifica a comemoração de Vinicius Junior como "desrespeito à Instituição Botafogo", citando ainda que tal postura pode "provocar violência entre jogadores e torcedores".

Sem o Nilton Santos, a tendência é que a decisão da Taça Guanabara aconteça no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Confira a nota na íntegra:

"O Botafogo de Futebol e Regatas informa que a final da Taça Guanabara, entre Boavista e Flamengo, não será realizada no Estádio Nilton Santos. Cabe esclarecer que:

1 - A decisão de não haver o jogo não foi motivada pelo valor estabelecido no Arbitral. O valor havia sido decidido e aprovado por todos os Clubes presentes, inclusive o Botafogo; 

2 - A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando - no entendimento dos botafoguenses - desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores;

3 - Passaram-se os dias e até hoje não houve uma manifestação,  quer do jogador, quer do clube, se retratando do episódio. Pelo contrário, repercute ainda mais o gesto;

4 - Este jogador é empregado do clube adversário e, como tal, deve respeitar a ética profissional.

5 - O fato deve ser analisado muito bem. Um ato deste tipo pode provocar a violência entre os jogadores e torcedores. Queremos a paz e o respeito dentro e fora de campo.

Botafogo de Futebol e Regatas"

Tags: Botafogo, Taça Guanabara, Flamengo

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por