Em 14/06/2018 às 11 h29

Para superar gramado ruim, America treinou chutões para o alto, revela Daniel

Atacante marcou um dos gols da equipe na vitória sobre o Santa Cruz por 2 a 0


Autor: Léo Pinheiro / Foto: Lais Patricio (America Rio)

O gramado do Marrentão em toda rodada é alvo de críticas dos jogadores. Mesmo sem ter atuado no local, o America chegou preparado e com uma estratégia bem definida para o confronto com o Santa Cruz. A equipe teve êxito no planejamento, afinal, venceu o adversário por 2 a 0 nesta quarta-feira (13). O atacante Daniel, autor de um dos gols, revelou que a equipe chegou a treinar chutões para o alto e fez atividades em um campo que tinha características parecidas ao do estádio em Xérem.

- Sabíamos que o campo era ruim, trabalhamos em um campo anexo em Edson Passos em um gramado ruim também e treinamos só chutão. Não tem como botar a bola para rolar aqui. Fomos felizes em fazer um gol em bola parada e outro com o Raphael Carioca, no primeiro tempo - alegou, explicando como foi a atividade.

- O professor Luisinho (Lemos) botava os zagueiros para dar chutão e eu e o Raphael Carioca subíamos, até sobrar uma bola. Fomos felizes porque fizemos os gols assim, pelo alto - disse o jogador.

Na partida, o America lançou muitas bolas pelo alto na área defendida pelo goleiro Dudu do Santinha. A equipe levou vantagem nas jogadas, mas, principalmente no primeiro tempo, não teve o capricho necessário para abrir o marcador, chegando a ver o adversário perder as melhores oportunidades. Contudo, após um chutão para o ataque, a defesa do Santinha falhou e Raphael Carioca abriu o placar. Na etapa complementar, Daniel, de cabeça, deu tranquilidade e números finais ao encontro.

Jogador não teme concorrência e vê necessidade de outro atacante no time

O America comunicou a saída do centroavante Rodrigo Dias na última semana, que teve uma proposta do futebol do exterior e atendeu o pedido de liberação do atleta. Daniel, que já tinha atuado na competição, ficou como uma das únicas opções de Luisinho Lemos para o comando ofensivo rubro. Apesar das boas apresentações, Daniel acredita que o America necessidade de outra peça para o ataque. O camisa 9 não teme a concorrência de outro atleta.

- Precisa sim, pô (de outro atacante). Até porque alguém se machucar, pode ter outro. Mas estou trabalhando firme buscando o meu espaço - disse.

O time do America agora enfrenta o Americano, em um duelo direto na parte de cima da tabela de classificação do Grupo A da Taça Santos Dumont. O jogo será às 15h, do sábado, dia 15 de junho, no Giulite Coutinho. A partida terá transmissão ao vivo da Rádio FutRio.

Tags: America, Carioca Série B1, Daniel

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por