Em 08/08/2018 às 10 h21

Josué exalta grupo do Americano e sequência de jogos em alto nível

Técnico destaca que jogadores não mudaram postura, apesar dos problemas internos


Autor: Redação FutRio / Foto: Gabriel Farias (FutRio)

Mais uma goleada na temporada. O Americano voltou a passar o rolo compressor em cima de um adversário, desta vez na Copa Rio, atropelando o Madureira por 6 a 2, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição. A goleada desta terça-feira (7) deixou o Alvinegro em excelente condição para passar de fase, podendo perder por até três gols de diferença, no dia 22, para conquistar o posto. A atuação, mais uma vez fortíssima no ataque, chamou bastante a atenção e empolgou os torcedores.

VEJA MAIS
> Com show de Maradona e Aquino, Cano goleia Madureira pela Copa Rio: 6 a 2


Se, na Copa Rio, o time já soma 14 gols em três jogos, esta é só mais uma competição em que o time vai indo bem em 2018, já que é um dos líderes da Série B1 do Estadual, na qual chegou a ficar 12 jogos sem perder. O técnico Josué Teixeira deu aos atletas o mérito por tantas atuações contundentes e comemorou bastante a goleada a favor do Glorioso.

– É muito mérito desses jogadores. Os caras se empenham, se dedicam. A gente fez uma forma de jogar e eles entenderam, compraram a ideia. Conseguimos um resultado muito bom, mas que ainda não garante nada porque é o primeiro jogo. Temos que fazer um outro jogo com todos bem posicionados para conseguir a classificação – disse, à Rádio Campos Difusora.

Perguntado sobre como manter a grande forma, mesmo com os problemas de salários atrasados, explicitados pelo próprio Josué, há pouco mais de um mês, o treinador fez questão de pontuar que a questão segue sem solução, mas que isso não é capaz de mudar o rendimento da equipe, uma vez que todos estão focados em levar o Americano a títulos nesta temporada:

– A gente sente prazer no que faz. Abraçamos um projeto para reerguer o Americano. É uma diretoria honesta. Quando a coisa não está correta, ninguém se esconde. A gente continua com as mesmas pendências, não melhorou em nada. E não mudou em nada o nosso comportamento. Isso é prazeroso. Hoje, a gente modifica o time, coloca jogadores da base, põe para jogar o Digão, o PV e o Gustavo e eles jogam como homens, isso é que é o mais importante. Não temos motivo para ter oba-oba, temos é muito equilíbrio e pés no chão.

Por fim, Josué deu continuidade à pauta ao falar sobre a relação que tem com seus jogadores e o quanto eles são capazes de entender a filosofia de trabalho e repassá-la para o campo de jogo.

– Na vida, tem líder e tem chefe. Temos uma essência de trabalho que poucos conseguem ter. Minha relação é muito honesta e direta com os jogadores, não falo por trás. É claro que, para a imprensa, não vou falar dos erros que cometeram. Mas, lá dentro, eu tenho que falar; olhar na cara deles e falar a verdade. Eu não vivo de mentira, nem de acomodação. Eu não trabalho só o jogador de futebol. Eu trabalho o homem, o cara que se entrega, que é responsável com a família dele, família essa que depende do corpo dele para que ele renda. A gente fala a verdade. É por isso que tem essa resposta – finalizou.

Voltando as atenções à Segundona, o time enfrentará o Olaria no próximo sábado, na Rua Bariri, às 15h.

Tags: Americano

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por