Em 28/09/2018 às 13 h31

Conselho do Barra Mansa marca reunião que pode afastar presidente

Caso é referente às eleições passada, onde Anderson Florentino foi reeleito


Autor: Renan Mafra / Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (27), o FutRio noticiou, com informações da coluna do Lauro Jardim, do Jornal O Globo, que dirigentes do Barra Mansa são alvos de investigação que apura manipulação de resultados nos jogos de futebol da equipe profissional. A situação do Leão do Sul pode ficar ainda pior, pois uma reunião extraordinária foi convocada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Sílvio Antônio Francisco, e ocorrerá no dia 1º de outubro, às 19h, no Clube Municipal.

Em novembro do ano passado, as duas chapas que iriam concorrer a presidência do Barra Mansa foram impugnadas pelo conselho deliberativo do clube. A chapa de oposição, liderada por Thiago Campbell, pelo fato do título de sócio honorário concedido pelo presidente do clube em 2015, Almir Marques, não ter a assinatura do conselho, e a situação, liderada por Anderson Florentino, pois o atual mandatário, supostamente, teria concorrido a eleição anterior com um título falso.

VEJA MAIS
> Dirigentes do Barra Mansa são alvos de investigação sobre vendas de resultados

Porém, Anderson Florentino conseguiu um mandato de segurança junto a justiça e concorreu sem oponente, sendo eleito por aclamação. Mas com as acusações que estão sendo feitas contra o dirigente, o conselho deliberativo do clube entrou com uma ação para a cassação do mandato de segurança. Caso ele seja afastado do cargo, o Barra Mansa será presidido por Sílvio Antônio Francisco, até que sejam marcadas novas eleições.

No Edital de Convocação diz que a reunião extraordinária tem a finalidade de debater sobre a Ação Judicial: "Tutela Antecipada de Eleição" - referente à eleição da atual Diretoria. Além disso, a reunião tem como objetivo discutir "Medidas de urgência a serem tomadas sobre o assunto".

Segundo a Polícia Civil, o atual presidente do clube, Anderson Florentino, é investigado por manipulação de resultados no futebol. As investigações começaram em março deste ano, onde alguns dirigentes do clube passaram a ser suspeitos de manipularem resultados na Série B1 do Campeonato Carioca de 2017.

Na atual temporada o Barra Mansa participou da Série B2 do Campeonato Carioca, que é a Terceira Divisão Estadual. O Leão do Sul ficou com a sétima colocação geral, sem conseguir o acesso.

Tags: Barra Mansa;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por