Em 29/09/2018 às 12h02

Na espera pelo julgamento, Felipe Zuca atua pelo sub-20 do Maricá na B2

Jogador está no meio da maior polêmica da Série B2 do Campeonato Carioca


Autor: Redação FutRio / Foto: Gabriel Andrezo (FutRio)

O Maricá foi absolvido em primeira instância no caso envolvendo a suposta escalação irregular do atacante Felipe Zuca na Série B2 do Campeonato Carioca, mas o caso será julgado em segunda instância pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ). Enquanto isso, o Maricá resolveu colocar o atacante para defender a equipe de juniores. Ele entrou em campo na derrota por 3 a 0 para o Pérolas Negras, na última quarta-feira (26).

Nascido em novembro de 1997, Felipe Zuca ainda tem 20 anos e, por isso, pode ser inscrito como amador e disputar a competição sub-20. No entanto, de acordo com o artigo 44 do RGC (Regulamento Geral de Competições), não poderia disputar a Série B2 de adultos sem assinar um contrato profissional. A Federação permite apenas atletas não profissionais nascidos, no máximo, até 1998 (ano em que completa 20).

Insatisfeita com o resultado do julgamento realizado pela Oitava Comissão Disciplinar do TJD-RJ, que absolveu o Maricá por três votos a um, a Procuradoria recorreu. Antes de efetivamente interpor recurso, foi solicitada a paralisação da Terceirona Estadual, já que o prosseguimento do certame com o Maricá nas fases finais poderia não ser válido em caso de punição futura e o presidente do TJD-RJ, Marcelo Jucá, acatou o pedido.

Agora o Maricá espera o julgamento para saber se segue na Série B2 do Campeonato Carioca. Se continuar, enfrenta o Pérolas Negras na semifinal do segundo turno da competição.

Tags: Maricá

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por