Em 07/11/2018 às 19 h01

Com B2 paralisada, Neto Colucci se divide entre Pérolas e juniores do Voltaço

Técnico comanda treinos de manhã em Volta Redonda e, à tarde, em Paty


Autor: Redação FutRio / Foto: Carlos Junior (FutRio)

Depois de mais de duas semanas sem jogos e uma paralisação que já soma um mês, a Série B2 do Campeonato Carioca vai obrigando seus profissionais a procurarem outros horizontes. Um deles é o técnico do Pérolas Negras, Neto Colucci, que pertence ao Volta Redonda e voltou a seu clube de origem para comandar o time de juniores. Em janeiro, a equipe que está sob sua batuta disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior, mas nem por isso o treinador deixou o clube de Paty do Alferes de lado: ele vem dividindo funções durante o período de incerteza que paira sobre a Terceirona.

Pela manhã, Neto treina os garotos do Volta Redonda e já trabalha na formação do grupo que viajará, na virada do ano, para o interior paulista. Depois do almoço, ele pega a estrada para Paty, onde segue acompanhando o elenco do Pérolas Negras, que ainda não sabe se voltará ou não ao campeonato da terceira divisão, uma vez que o retorno do Maricá pode representar diversas brechas no regulamento e até anular o que já foi disputado desde a primeira punição ao clube, que posteriormente foi revogada no Superior Tribunal de Justiça esportiva (STJD).

VEJA TAMBÉM:
Série B2 do Carioca segue paralisada e sem definição do seu futuro


– A gente já tinha retornado na semana retrasada, mas depois do julgamento o Pérolas entrou em contato de novo. À tarde, faço os treinos lá e, de manhã, estou aqui no Volta Redonda. Estamos esperando a definição da FERJ mas, por enquanto, estamos com um trabalho forte para a Copa São Paulo. A primeira semana foi de exames médicos, acompanhamento, daqui a pouco vai ser o momento do sub-17 voltar e devemos ter oito amistosos – disse Neto, em entrevista à Rádio do Comércio.

Com isso, Neto Colucci precisa fazer um deslocamento diário de quase 200 km, de ida e volta, entre as duas cidades. Além disso, o Pérolas Negras ainda se vê às voltas com o fim dos contratos de alguns de seus jogadores. Atualmente, só cinco atletas possuem vínculos regularizados no Boletim Informativo de Registro de Atletas (BIRA), o que inviabilizaria, ao menos por enquanto, a entrada do time em campo em qualquer campeonato profissional.

Acesso quíntuplo não estaria descartado

Enquanto a Terceirona não volta e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) mantém um silêncio sepulcral, o espaço para especulações só aumenta. Desde que a competição foi paralisada, após o fim da fase de grupos do segundo turno, o Pérolas disputou o mata-mata, foi campeão, entrou na luta pelo acesso, mas foi eliminado pelo Nova Cidade, em dois jogos. Antes que a finalíssima pudesse ser jogada, entre o time de Nilópolis e o Campos – vencedor da outra semifinal geral, contra o Queimados –, o veredicto do STJD foi em absolver o Maricá. Só a partir daí é que o torneio foi novamente paralisado.

Por conta desta incerteza, Neto Colucci tenta se agarrar às possibilidades e diz que já ouviu falar em um provável acesso quíntuplo e até em um eventual fim da quarta divisão, o que poderia ser facilitado na hipótese de haver três times a mais no terceiro escalão do futebol carioca. Tudo, no entanto, é especulação, mas que o treinador não descarta, já que precisa pensar no próprio futuro:

– Até agora, não tem qualquer sinalização. Uns dizem que vai ter um triangular entre Maricá, Pérolas e Queimados. Outros, que vai reiniciar o campeonato do returno e até que vão subir os cinco porque acabou a Série C. Então a B2 será uma Terceirona bem inchada e, para não ficar tão inchada assim, iriam subir os cinco primeiros. Vamos aguardar para ver o que acontecer, tomara que (o Pérolas) suba porque será um time a mais da região subindo.

Tags: Pérolas Negras, Volta Redonda

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por