Em 25/12/2018 às 09 h06

Reforços brilham e decidem na primeira rodada de Seletiva do Carioca

Dos seis gols, quatro saíram de atletas que chegaram para disputa da competição


Autor: Redação FutRio / Fotos: Agência Ferj e Bernardo Gleizer (NIFC)

A rodada inicial da Seletiva do Campeonato Carioca provou que os clubes se movimentaram de maneira certeira no mercado. Os reforços contratados por três equipes foram destaque e balançaram as redes nas suas estreias na competição. O Nova Iguaçu foi o que mais comemorou com as novidades trazidas para 2019. Ambos os tentos da vitória do time iguaçuano foram feitos por atletas que estreavam no Orgulho da Baixada.

image

No último ano, o Nova Iguaçu sofreu bastante no comando ofensivo. O time conviveu com a falta de vitórias e uma seca de gols. Os resultados não aconteciam e, para piorar, a rede não balançava. O setor ganhou atenção especial para 2019 e Edu foi contratado para comandar a linha de frente. O atacante, classificado como "sonho de consumo" do presidente Jânio Moraes, mostrou o poder de decisão e marcou de cabeça o gol da vitória sobre o Goytacaz, por 2 a 1.

A outra surpresa foi o atacante Lucas Campos. O jogador, cria do Botafogo, é morador do bairro e chegou ao clube para ganhar rodagem. Com facilidade no um contra um, o atleta levou vantagem na maioria dos confrontos contra os marcadores do time de Campos e marcou um gol de categoria.

O outro jogo que teve gente atuando e marcando pela primeira vez com a camisa de um clube foi o duelo entre Resende e Macaé. A partida terminou na igualdade de 1 a 1, com um estreante marcando para cada lado, comprovando a característica principal dos jogadores.

image

No confronto, os visitantes saíram na frente com um gol de Júnior. O camisa 10, que se destacou pela boa batida na bola e os chutes de média e longa distância na Série B1 do último Estadual, fez um belo gol de perna canhota - já de dentro da área - após lance criado pelo lado direito do ataque alvianil.

Pelo lado do Resende, o técnico Edson Souza lançou no começo do segundo tempo o atacante Maxwell, de 23 anos de idade, que está na primeira passagem no futebol do Rio de Janeiro. O ex-ABC (RN) atuou onde gosta, pelo lado esquerdo do ataque. E na jogada característica, "arrastou" a marcação pelo setor, invadiu a área, driblou o goleiro e igualou o confronto.

Cano perde ataque, mas remanescente da defesa garante vitória

A vitória do Americano, diferente dos outros jogos, foi construída por um jogador que é remanescente da última temporada. Admilton, bandeira do atual sistema defensivo montado por Josué Teixeira, fez de cabeça o gol da vitória que teve o ataque alvinegro remodelado após perder a dupla "Maraquino" - Cláudio Maradona e Maikon Aquino -, que fizeram sucesso na última Série B1.

O Goytacaz, que também teve uma linha de frente nova, com Capela, Edinho, Yan e Pilar, não colheu o efeito esperado. O gol da equipe foi "cedido" pelo lateral-esquerdo Lucas, segundo o árbitro do jogo, João Ênnio Sobral, que viu o jogador do Nova Iguaçu empurrar contra o próprio patrimônio o cruzamento feito por Erick Daltro.

Tags: Seletiva, America, Americano, Goytacaz, Macaé, Nova Iguaçu, Resende

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por