Em 12/02/2019 às 11 h15

Diego comenta tragédia no Ninho e psicológico nas vésperas da semifinal

Capitão não segura emoção e chora em primeira coletiva pós incêndio


Autor: Redação FutRio / Foto: Alexandre Vidal (Fla Imagem)

O Flamengo vai tentando voltar à normalidade depois da tragédia da última sexta-feira (8) quando dez jovens da base morreram e outros três ficaram feridos em um incêndio em um alojamento no Ninho do Urubu. A primeira coletiva no clube após o fato foi responsabilidade do meia Diego. O camisa 10 e capitão rubro-negro não segurou as lágrimas ao falar do meninos e comentou sobre a recuperação mental que a equipe terá antes da semifinal contra o Fluminense, na quinta (14).

image

- A emoção é clara, vai vir, vamos carregar essa situação junto com a gente. As pessoas não podem confundir quando estivermos em treino ou jogo, sorrindo em alguns momentos, que vamos deixar de lembrar dessa situação. Vai fazer parte, vamos carregar isso conosco. Mas temos que encontrar forças para que isso possa de alguma forma servir de inspiração para nós. É nosso trabalho competir, quinta tem jogo muito importante e temos que estar prontos para vencer. E até por esses garotos, que de alguma forma sirva de inspiração para a gente seguir em frente. Está sendo difícil para nós e todos os brasileiros, mas quando chegar a hora de entrar em campo, é fazer o que eles faziam, que é honrar a camisa - disse o jogador.

Segundo o clube divulgou através de notas e pronunciamentos, o Flamengo, neste primeiro momento, tenta dar auxilío às famílias das vítimas e está cooperando com as investigações das causas do incêncio em um contêiner que abrigava meninos da base da equipe. Nesta segunda-feira (11), parte do elenco foi visitar Cauan e Francisco Dyogo, dois sobreviventes, que ainda estão no hospital. Diego falou sobre o encontro.

- O Cauan está se recuperando bem, um pouco triste. Peguei o telefone dele, mandei foto para ele, ele mandou foto comemorando gol e falando que conhece a comemoração, que se inspiro em mim (lágrimas e choro). Desculpa. Então temos que seguir, seremos inspirações, assim como o Cauan se inspira em mim. Outros jovens vão se inspirar em outros jogadores. Para ser inspiração a gente tem que estar de pé - contou, ainda falando que tem um sobrinho no sub-14 do Flamengo.

- Venho aqui em respeito a todos vocês e a todos envolvidos nessa situação. Serei o mais honesto e transparente possível, como sempre fui. Nosso relacionamento com esses garotos sempre foi excelente, acompanhamos tudo, fazem parte do dia a dia. Lembro da maioria deles que já pediu para tirar foto comigo. Tenho sobrinho que joga no sub-14 do Flamengo, então tinha amigos no alojamento. Podia estar ali também. Enfim, temos uma ligação e um respeito muito grande - falou Diego.

Buscando a recuperação psicológica dos atletas, o Flamengo volta a campo nesta quinta-feira, dia 14 de fevereiro, às 20h30, no Maracanã, para pegar o Fluminense, na semifinal da Taça Guanabara. O confronto terá transmissão ao vivo da Rádio FutRio.

Tags: Flamengo; Diego;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por