Em 14/02/2019 às 13 h07

Marcos Paulo supera Chikungunya e está pronto para voltar ao Americano

Sintomas da doença impediram sequência do atacante pelo Alvinegro


Autor: Redação FutRio / Foto: Jocelino Rocha

Dezembro e janeiro foram meses difíceis para Marcos Paulo. Tendo sido uma das principais contratações do Americano para 2019, o atacante vinha sendo constantemente utilizado por Josué Teixeira nos jogos-treino da pré-temporada, mas foi atrapalhado pela Chikungunya, doença que é transmitida pelos mosquitos do gênero Aedes. Os sintomas como febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço tiraram o atleta de ação.

No dia 6 de janeiro, Marcos Paulo jogou apenas os 13 minutos finais do jogo contra o Nova Iguaçu, válido pela terceira rodada da Seletiva, que foram suficientes para ele balançar as redes e dar a vitória ao Americano. A alegria, no entanto, viraria dor no dia seguinte, já que as dores no corpo voltaram e fizeram o jogador ser hospitalizado. Agora sem nenhuma restrição, o atacante falou sobre o drama vivido.

- Foi muito difícil ficar esse tempo todo fora. Senti muitas dores, estava incapacitado de dar o meu melhor. Naquele jogo contra o Nova Iguaçu, lutei contra o meu corpo, queria muito ajudar. Não estava 100%, mas graças a Deus pude ajudar com um gol muito importante. Mas no outro dia eu fiquei pior do que estava antes. Eu estava feliz pelo gol, mas triste porque não conseguia nem caminhar.

- Fui para o hospital de cadeira de rodas, com muitas dores no corpo. Via meus companheiros jogando e eu queria estar lá ajudando. Esse mês que eu tive eu não desejo nem para o meu pior inimigo. Ficar impossibilitado de fazer o que você ama é bem difícil - relatou o atleta.

No período em que sofreu com a Chikungunya, uma pessoa de extrema importância para Marcos Paulo foi Josué Teixeira. O atacante destacou o papel decisivo que o treinador durante o período de inatividade.

- O professor Josué é uma pessoa muito importante, não só para mim, mas para todo o grupo. Todo dia incentiva a gente, joga o grupo para cima. Isso vale muito nesse meio do futebol, o ambiente está sempre bom. Estou muito motivado de ficar 100% pra ele, mas ele decide a equipe. Quem ele optar estaremos bem servidos. Quem entrar está sempre disposto a ajudar. E isso tem a mão dele, pois ele deixa todo mundo com a cabeça boa para ajudar a equipe - frisou.

Projeção otimista

Pensando na Taça Rio, onde finalmente poderá jogar, Marcos Paulo acredita na recuperação do Americano. Mesmo com apenas quatro pontos somados até aqui, ele aprovou o primeiro turno realizado pelo Alvinegro.

- Nunca escondemos que nosso objetivo é fugir da Seletiva do ano que vem. Fizemos um bom primeiro turno e poderíamos até ter ido mais longe. Talvez somos a equipe com o menor investimento na competição, mas o grupo tem qualidade. Nossa meta é, principalmente, conquistar os pontos em casa para alcançarmos a nosso objetivo - finalizou.

O Americano estreia na Taça Rio contra o Flamengo, no dia 24, às 17h, no Maracanã. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Tags: Marcos Paulo, Americano, Carioca Série A

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por