Em 19/03/2019 às 13 h44

Pilhada, Portuguesa perde concentração e cede à pressão contra Seletiva

Sufocada pelas chances de cair, Portuguesa "esquenta" cabeça com decisões da arbitragem


Autor: Redação FutRio / Foto: Marcos Faria

A Portuguesa precisa trabalhar o controle mental para conseguir praticamente um milagre e se salvar da Seletiva do Campeonato Carioca. A equipe tem pecado também neste quesito e tem entrado pilhada, mas da maneira errada, nos jogos do Estadual. Os jogadores já entram pressionados com as chances de queda à fase preliminar e vão perdendo a cabeça também com as decisões contrárias vindas da arbitragem.

O fato se repetiu nos dois últimos jogos do Estadual. Primeiro com um pênalti assinalado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique a favor do Boavista. A situação foi muito contestada e os atletas reclamaram bastante da marcação e não conseguiram superar o ocorrido dentro de campo.
Com essa cena na memória, e com promessas de ações da diretoria contra o árbitro, vindas fora de campo, o time insulano pegou o Bangu e novamente se perdeu após um pênalti contrário. Dessa vez, Wagner do Nascimento Magalhães assinalou uma irregularidade do sistema defensivo lusitano, que gerou reclamações fortes ao adicional Alex Gomes Stefano, que avisou o árbitro do toque de mão de Emerson.

Após o pênalti, a Lusa até tentou chegar ao ataque, mas não resistiu aos contra-ataques do Bangu e levou mais dois gols, mostrando um abatimento com o desenrolar do jogo, onde novamente teve posse de bola, criou chances, mas viu o adversário vencer.

A possibiildade de melhora é contra o Botafogo, nesta quinta-feira, dia 21 de março, às 21h30, no Nilton Santos. O confronto terá cobertura em tempo real do Placar FutRio.

Tags: Portuguesa;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por