Em 19/03/2019 às 14h06

Duba, sobre Abreu: "Bateu um desespero na cabeça daquele débil mental"

Presidente do Madureira respondeu acusações feitas pelo mandatário do Americano


Autor: Jhonathan Jeferson / Foto: Divulgação FutRio

Madureira e Americano vem protagonizando uma boa briga na tabela do Campeonato Carioca contra a Seletiva de 2020. Fora de campo, os presidentes resolveram trocar farpas e acusações. Após a derrota para o Boavista, na última rodada da Taça Rio, Carlos Abreu, mandatário da equipe de Campos, afirmou que o Tricolor Suburbano é beneficiado por árbitros da Federação de Futebol do Rio de Janeiro por ser "imexível" na Série A. Ao saber das acusações, Elias Duba, presidente do Madureira, resolveu responder. 

- O que o cara falou é sério. Ele levantou uma suspeita sobre o Madureira e justamente na hora que o Madureira conseguiu a primeira vitória no campeonato e ultrapassou o Americano. Eu acho que bateu um desespero na cabeça daquele débil mental e ele começou a disparar contra o Madureira, contra a Federação, contra os árbitros. Até agora ele estava calado. Por que só agora ele resolveu falar? - indagou Duba, que descartou qualquer tipo de benefício:

- Se o Madureira fosse beneficiado pela Federação, nesses últimos dois anos estávamos brigando pelo título. Não contra o rebaixamento. Ano passado eu salvei na última rodada e esse ano, se salvar, vou salvar na última rodada. Qual foi o gol duvidoso que o Madureira teve nesse campeonato? Foram só seis gols, então é fácil lembrar. Qual foi o gol impedido ou que teve falta? Ou algum pênalti. Há três anos o Madureira não tem um pênalti a favor. Nesse campeonato tiveram dois que não foram marcados, inclusive contra o próprio Americano. E contra a Portuguesa. Nem por isso me deu desespero de atirar para todos os lados. 

O presidente do Madura ainda deixou no ar que a tal reclamação de Carlos Abreu só aconteceu após o Americano entrar na zona da Seletiva, no dia seguinte a derrota por 1 a 0 para o Boavista, em Saquarema.

- Estranho eu que ele só vem reclamar justamente quando o Madureira obtém a primeira vitória, na antepenúltima rodada do campeonato e que passou o Americano. A gente entende realmente quando bate o desespero. Deve ter seus pais para dar satisfação e quer botar a culpa nos outros. É desespero de quem não bate bem das bolas. 

Rusgas desde 2018

O relacionamento entre Madureira e Americano já não é dos melhores desde a última temporada. Na Copa Rio, Josué Teixeira, técnico e gerente de futebol do Cano, criticou o tratamento recebido no duelo entre ambos na Rua Conselheiro Galvão e acusou o Tricolor Suburbano de aliciar seus atletas. Duba não poupou palavras para respondê-lo na ocasião. Agora, ele afirma que, até então, achava que Carlos Abreu, presidente alvinegro, era "mais lúcido".

- O problema dele com o Madureira não tem. O problema é o treinador dele que é um imbecil. Quando eles vieram aqui, foram bem tratados, ficaram numa cabine refrigerada, com salgadinho, refrigerante. E quando eu fui lá, não fui bem tratado. Eu não, meu grupo que foi a Campos. Fizeram lá suas barbaridades e nem por isso eu os tratei mal. Agora, o treinador dele, que eu sei que é treinador de segundo, terceiro escalão. Eu não respondo a funcionário de clube. Eu respondo ao presidente - afirmou Duba, que lembrou os tempos em que a FERJ tinha como presidente Eduardo Vianna, o popular Caixa D'Água, assumido torcedor do Americano:

- Estou fazendo questão de responder pois pensei que ele fosse uma pessoa mais lúcida, mais sensata, e eu estou vendo que não é. Ele não deve ter acompanhado nem a era Caixa D'Água. Qualquer representante do Americano deveria ter vergonha de reclamar de arbitragem. Só mesmo quem não viveu a era, com 20 anos que nenhum clube pequeno conseguiu ganhar do Americano, é que pode reclamar de arbitragem. Mas isso é outro esquema. Vamos deixar nosso velho Caixa D'Água em paz.

"Devo estar administrando mal"

Lutando contra a Seletiva pelo segundo ano seguido e com apenas quatro vitórias nos últimos 20 jogos, o Madureira não vive o melhor dos momentos no futebol do Rio de Janeiro. Até em cima disso, Elias Duba lembrou que não teve nenhum pênalti a favor em todo o campeonato para descartar qualquer chance de ser beneficiado por conta da amizade com os líderes da FERJ.

- Se o Madureira tivesse qualquer tipo de benefício, estaríamos nessa situação? É óbvio que não. Isso é evidente. O Madureira não teve pênalti a favor. O Volta Redonda, acho que teve oito ou nove pênaltis a favor no campeonato. Ninguém levantou suspeita e até acho que foram pênaltis. Levantar suspeita contra a campanha do Madureira? Tem que levantar suspeita contra a minha administração. Devo estar administrando mal, pois o time está há dois anos brigando para não cair. Agora pela minha amizade com a Federação de Futebol, eu estou sendo beneficiado e estou nessa situação? Só na cabeça desse débil mental.

O Madureira entra em campo na noite desta terça-feira (19), contra o Flamengo, às 20h30, no Maracanã, pela 5ª rodada da Taça Rio, ainda ameaçado de queda para a Seletiva.

Tags: Madureira, Americano

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por