Em 28/03/2019 às 19 h21

Saída da dupla "Maraquino" não é motivo para críticas ao ataque do Cano

Atacantes do Alvinegro Campista marcaram oito gols no Campeonato Carioca


Autor: Redação FutRio / Foto: Vitor Salvador

No ano passado, o ataque do Americano marcou 91 gols em 41 jogos, uma média de mais de dois por partida. Já em 2019 foram apenas 15 em 17 partidas, deixando a média abaixo de um gol por compromisso. Muitos atribuem essa queda as saídas de Cláudio Maradona e Maikon Aquino, que juntos fizeram 43 gols pelo clube no ano passado.

Dedé, Léo Reis, Marcos Paulo, Ramon Souza, Daniel Marins e Romário foram os atacantes contratados, e Di Maria e Nathan permaneceram no elenco. Dos 15 gols da equipe, oito foram marcados por atacantes. Além do mais, a dupla Maraquino está zerada em 2019, em cima desses números, Josué Teixeira defendeu seu ataque e lembrou que a Série A tem um nível mais elevado que a B1.

- Vale lembrar que disputamos uma competição de nível superior. Tivemos vários problemas de lesão com os nossos atacantes, Dedé lesão muscular, Marcos Paulo Chikungunya... E é interessante lembrar que os atacantes que saíram do clube, mesmo sendo de muita qualidade, não fizeram gols esse ano. O Romário, que começou desacreditado, fez quatro, Di Maria, Dedé e Marcos Paulo fizeram um cada - ressaltou o treinador.

Ainda sem definição do seu elenco, o Americano volta a campo no dia 19 de junho, quando vai enfrentar o Arraial do Cabo, no jogo de ida da primeira fase da Copa Rio.

Tags: Americano

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por