Em 23/04/2019 às 10h41

Com menos datas, FERJ será forçada a mudar regulamento do Carioca

Novo calendário da CBF tira duas rodadas de todos os Estaduais para 2020


Autor: Vitor Costa / Foto: Úrsula Nery (Agência FERJ)

O contestado atual regulamento do Campeonato Carioca está com os dias contados. Com o anúncio recente da CBF, que diminuiu as datas disponíveis dos Estaduais de 18 para 16 já a partir de 2020, a diretoria da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ) já se vê obrigada a pensar em um formato para encaixar a competição no espaço reservado pela entidade máxima do futebol brasileiro.

Não há nada oficial, e os estudos ainda são primários, haja vista o anúncio recente. A tendência, entretanto, é a continuidade do formato da Seletiva, com seis clubes. Os ajustes devem ser feitos somente na fase principal, em que há a participação dos grandes, interesse da TV e da CBF (os jogos da primeira fase, por envolverem clubes que não estão no Campeonato Brasileiro, não interferem nas datas).

Em discurso na cerimônia de encerramento, nesta segunda-feira (22), o presidente da entidade, Rubens Lopes, disse que "o Carioca de 2020 já vai começar", revelando uma reunião dos quatro grandes na sede da entidade nesta terça-feira para iniciar o planejamento para a competição do ano que vem. Balanço e sugestões estão em pauta - inclusive do próprio regulamento, que fatalmente precisará ser modificado.

Entre as ideias, segundo apuração do FutRio.net, ganha força nos bastidores a manutenção do formato atual, mas com a exclusão de dois jogos: a semifinal geral e a primeira partida da final. As duas datas foram as mais criticadas por público, treinadores e até pelos próprios clubes, embora nenhum dirigente admita publicamente em entrevista. No entanto, é preciso chegar a um denominador quanto aos turnos, já que uma das exigências da TV, cujo contrato vai até 2024 e gera a receita primária da competição, foi a realização de uma final (e é o verdadeiro motivo da existência da semifinal, impossibilitando que o campeão das taças Guanabara e Rio leve o título diretamente).

Ainda de acordo com o apurado pelo FutRio, outros formados sugeridos já desde o ano passado, como o do Campeonato Paulista (grupos e mata-mata), ou do Mineiro (primeira fase em pontos corridos) encontram resistência justamente pelo sucesso das Taça Guanabara e Rio. Além disso, não é comum ver a FERJ copiar fórmulas de outros estados - normalmente ocorre o contrário, como o Paranaense atualmente.

A diminuição de clubes da fase principal (atualmente 12) está descartada. O próprio regulamento da competição exclui esta chance, já que garante a participação automática dos 10 primeiros colocados da classificação geral no torneio em 2020 "em qualquer caso".

A verdade é que, outrora enfraquecido, o Carioca de 2019 termina mais forte que os anteriores. Boa parte disso se deve ao interesse do Flamengo. Se na gestão anterior houve ameaça de boicote, neste ano, além de força máxima (melhorando a qualidade técnica da competição), o time foi responsável por inflar a média de público, trazendo recursos de bilheteria (uma das receitas da FERJ). 

O bom relacionamento com o campeão Flamengo, aliás, foi destacado por Rubens Lopes em seu discurso. Palavras como respeito à competição e ao estado foram citadas. Rubens, inclusive, reforçou veementemente a importância da continuidade e do fortalecimento do Estadual (notoriamente o principal produto da FERJ) como fomento ao esporte e gerador de empregos.

A reportagem do FutRio.net, no entanto, não conseguiu acesso ao presidente Rubens Lopes para confirmar as informações apuradas - ele até concedeu entrevistas, mas os veículos que o abordaram antes não tocaram no assunto. Diretor de competições da FERJ e principal responsável pela formatação dos regulamentos, Marcelo Vianna não compareceu ao evento por estar escalado pela Conmebol como delegado da partida entre Atlético (MG) x Nacional (URU), pela Libertadores. 

Tags: FERJ, Carioca Série A

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por