Em 19/05/2019 às 21h01

Na estreia de Luxa, Vasco cede empate no fim e é lanterna do Brasileirão

Equipe leva igualdade aos 48 minutos do segundo tempo e torcida protesta


Autor: Redação FutRio / Foto: Globo Esporte.com

O Vasco empatou com o Avaí (SC), em casa, na noite deste domingo (19), por 1 a 1, com um gol sofrido no último minuto. A equipe cruz-maltina penou para marcar um gol e conseguiu balançar as redes com Ricardo Graça. Contudo, em uma desatenção da defesa, Daniel Amorim igualou o confronto. O resultado gerou protestos das arquibancadas contra a diretoria. O jogo marcou a estreia de Vanderlei Luxemburgo no comando do Gigante da Colina.

A equipe carioca permanece na lanterna do Brasileirão. Agora o Vasco tem mais uma semana livre para treinamentos, só voltando a campo no dia 26 de maio, às 19h, contra o Fortaleza, no Castelão.

Time começa pilhado, mas Avaí iguala ímpeto

No jogo que abriu a história de Vanderlei Luxemburgo no Vasco, a equipe começou mais pilhada e querendo mostrar vontade no confronto em São Januário. Aos poucos, com o decorrer da etapa inicial, as ações foram se equilibrando e o duelo ganhou em igualdade.

Ambos os lados cometiam muitos erros técnicos, o que gerava reclamações dos dois treinadores na beira do gramado. A situação começou a criar um clima de ansiedade e insatisfação na torcida vascaína, que, em determinados momentos, ensaiava protestos em relação à apresentação.

Na reta final do primeiro tempo, Sidão foi personagem ao parar o ataque do time catarinense. Em finalizações de Pedro Castro, João Paulo e em lances de bola aérea. A oportunidade mais clara do jogo foi para a equipe visitante, em uma falta cobrada por Lourenço em que a bola tirou tinta do travessão de Sidão.

Vasco marca no sacrifício, mas leva gol no fim

A etapa complementar começou com Luzemburgo dando sequência à equipe que começou jogando. Depois de dez minutos de partida, ele alterou o time e colocou fôlego novo no ataque vascaíno, com Valdívia e Jairinho. O último, inclusive, foi a melhor opção do Vasco no confronto, com jogadas pelo lado esquerdo.

Paralelamente a isso, o Avaí também criava e Sidão permanecia com uma atuação que não dava sustos, bem posicionado. Em um dos lances, Gegê obrigou o arqueiro a se esticar todo para praticar a defesa. Quando o cenário já era de sufoco, pela atuação abaixo da média, Rossi descolou um cruzamento e Ricardo Graça marcou de cabeça.

O Vasco ainda teve a oportunidade de ampliar, mas Felipe Bastos perdeu gol incrível debaixo da trave, sozinho. O castigo aconteceu aos 48 minutos do segundo tempo: cruzamento na área, Daniel Amorim sobiu mais que a defesa, igualou o jogo e gerou mais vaias e protestos da torcida vascaína em São Januário: 1 a 1.

A partida
Vasco 1x1 Avaí (SC) - Brasileirão, 4ª rodada - 19/05/2019, às 19h

Estádio de São Januário (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG) 
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Vasco: Sidão; Yagi Pikachu, Werley, Ricardo Graça e Henrique; Andrey (Felipe Bastos, 12'/2ºT), Lucas Mineiro e Bruno César (Jairinho, 16'/2ºT); Rossi, Marrony (Valdívia, 12'/2ºT) e Máxi López. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Avaí (SC): Vladimir; Lourenço, Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Matheus Barbosa, Pedro Castro, Gegê (Luan Pereira, 22'/2ºT), João Paulo e Caio Paulista (Getúlio, 25'/2ºT); Brenner. Técnico: Geninho.

Cartões amarelos: Lucas Mineiro (VAS); Betão, Brenner (AVA).

Gols: Ricardo Graça, 36'/2ºT (1-0); Daniel Amorim, 48'/2ºT (1-1).

Tags: Vasco;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por