Em 27/05/2019 às 11h10

Médico do America recomenda que Luisinho não retome a função de técnico

Álvaro Chaves diz que decisão é do treinador, mas destaca estresses da função


Autor: Renan Mafra / Foto: Marcio Menezes (America Rio)

Luisinho Lemos deu um grande susto no último sábado (25), na vitória do America sobre o Nova Cidade no Estádio Joaquim Flores de Almeida, na abertura da Série B1. Com dores no peito, o treinador se sentiu mal, teve que deixar o local de ambulância e foi levado para o Hospital Juscelino Kubitschek, em Nilópolis, onde foi constatado um infarto.

Luisinho vem apresentado evolução gradativa e apresentou melhora substancial, inclusive sendo transferido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu. Quem viu a cena, entretanto, se preocupou. O médico do America, Álvaro Chaves, responsável por fazer os primeiros atendimentos ao treinador e acompanhá-lo no hospita., foi enfático: sabendo que a profissão é estressante, recomendou que o profissional deixe a carreira de técnico.

- No meu ponto de vista, o Luisinho pode voltar a trabalhar. Mas eu indico que não mais como técnico. Ser técnico é uma carga muito grande. Ele já tinha colocado duas stents e pode colocar mais. Mas a minha análise é superficial e imediatista. Tudo aconteceu recentemente, mas foi com uma gravidade extensa. É uma profissão muito estressante - explicou o médico, que reforçou: a decisão final será do próprio Luisinho.

- Quero deixar claro que não é a minha especialidade. Minha visão como médico geral é essa. Eu indicaria um cargo de diretor, de gerente, que é menos estresse. Mas independente da escolha dele, ele precisa de um tempo de descanso para ficar 100% e depois analisarmos a volta. Tudo tem que ser conversado com ele, pois ele sabe as expectativas profissionais dele. Até a diretoria tem que analisar isso. Ele é um ícone do America e tudo tem que ser feito de uma maneira bem carinhosa. E sempre respeitando a vontade dele. Mas se eu tiver que opinar, vou aconselhá-lo a não continuar como técnico.

Treinador se manteve consciente durante atendimento

Apesar de todo o susto, Álvaro Chaves deixou claro que Luisinho Lemos em nenhum momento perdeu a consciência ao lado do campo e ressaltou a melhora do treinador nas últimas horas, apesar de lembrar que ele seguirá em tratamento.

- Em nenhum momento o Luisinho perdeu a consciência. Ele não queria nem ser atendido, mas já tem histórico. Por isso levamos ele diretamente para o hospital para evitar qualquer problema. Ele foi medicado e melhorou. O Luisinho deu uma melhorada muito grande. Agora ele aguarda o que será definido em termos de tratamento - frisou.

É bem possível que Luisinho Lemos não comande a equipe no próximo jogo. O America volta a campo no sábado (01/06) para enfrentar o Sampaio Corrêa. A partida está marcada para o Estádio Giulite Coutinho, mas o mesmo não possuiu todos os laudos técnicos para a realização de jogos oficiais. Se a situação não for revertida até quarta-feira, o local será modificado.

Tags: America, Luisinho Lemos, Carioca Série B1

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por