Em 15/07/2019 às 17h45

Falta de objetividade é vista como principal pecado do Serra contra o Tigres

Verdão de Macaé perdeu a chance de entrar no G-2 com o empate em 0 a 0


Autor: Caio Almeida / Foto: Caio Almeida (FutRio)

O Serra Macaense desperdiçou uma grande oportunidade de entrar no G-2 do Grupo B da Taça Santos Dumont e depender apenas de si para avançar às semifinais, após empatar em 0 a 0 com o Tigres, mesmo contando com um jogador a mais. Com o término da partida, os jogadores transpareceram frustração. O atacante Jacó comentou sobre o duelo e frisou que o Verdão de Macaé pecou ao não concluir em gol as chances criadas.

- O jogo foi corrido. Os dois lados tiveram oportunidade de matar, mas infelizmente pecamos e não fizemos gols, faz parte. Temos que continuar trabalhando para os gols saírem - disse o atacante.

Já o volante Vico, um dos líderes do Serra, enxergou que a equipe conseguiu infiltrar a defesa do Tigres do Brasil, mas não obteve objetividade para decidir a partida.

- Acho que tínhamos que ter mais objetividade. Conseguimos chegar (ao ataque), mas não fomos decisivos na frente. Faltou objetividade, é a palavra certa. Soubemos enfrentar bem a equipe do Tigres, mas faltou aquele detalhe para poder matar o jogo - avaliou.

Agora o Serra Macaense aposta todas as fichas na partida da última rodada da Taça Santos Dumont, contra o Barra da Tijuca, no Ferreirão, no sábado (20), às 15h. Para avançar, o Verdão precisa vencer e torcer contra o Campos. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Tags: Serra Macaense, Jacó, Vico, Campeonato Carioca Série B1

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por