Em 16/07/2019 às 16h20

Crescimento do Friburguense é atrelado a melhoria ofensiva do time

Foram sete gols em sete jogos que o time disputou na Taça Santos Dumont


Autor: Redação FutRio / Foto: Úrsula Nery (Agência FERJ)

Depois de um começo de ano muito ruim, o Friburguense chega à última rodada da Taça Santos Dumont podendo se classificar, algo inimaginável depois do início do Tricolor da Serra na competição. E para Dedé, o crescimento do Frizão aconteceu após a equipe acabar com suas deficiências no ataque.

- Nosso time estava criando, mas a bola não estava entrando. Isso atrapalha, porque a ansiedade cresce. Mas nós tivemos boas semanas de trabalho, e o time está se entrosando cada vez mais. Agora é só melhorar - frisou o atacante.

Coincidência ou não, as vitórias e os primeiros gols do Friburguense na temporada só foram acontecer após a estreia de Dedé no time. Ele se mostrou muito contente em poder estar ajudando o Tricolor da Serra e agradeceu o trabalho Junior Arrais, fisioterapeuta do Frizão, que o acompanhou durante seu tratamento.

- Tive uma lesão um pouco séria, e fiquei dois meses parado, louco para voltar a jogar. Fiquei vários dias com o Juninho, tratando direto, ansioso para retornar. Muito feliz em ter voltado com gol para ajudar a conquistar alguns pontos importantes - disse.

O Friburguense volta a campo no próximo sábado (20), quando fecha a participação na fase de grupos da Taça Santos Dumont contra o Campos. O jogo será no Estádio Eduardo Guinle, às 15h.

Tags: Dedé; Friburguense;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por