Em 23/07/2019 às 11h03

Precisão no contragolpe e concentração: Lusa corrige erros para Copa Rio

Equipe usa primeiro jogo contra Audax como parâmetro para conseguir vaga


Autor: Redação FutRio / Foto: André Oliveira (AAP)

A Portuguesa encara nesta quarta-feira (24) o Audax Rio no jogo de volta das quartas de final Copa Rio. O time bateu o adversário por 1 a 0 no primeiro confronto e, portanto, tem a vantagem do empate. A primeira partida, inclusive, é parâmetro para a equipe na busca da classificação. A Lusa usou os últimos dias para corrigir os erros com foco na precisão do contra-ataque e na concentração.

Na primeira partida, o time teve possibilidade de encaminhar a vaga, mas não conseguiu ser preciso nas chances que teve em contragolpes, na velocidade de André Silva, Matheus Pimenta e Romarinho - o trio ofensivo lusitano. Mais jovem entre os três, André Silva acha que os equívocos foram nas tomadas de decisão no terço final do campo.

- Sim. O nosso contra-ataque é muito forte. É mais na tomada de decisão. Porque o time movimenta e quem está com a bola precisa tomar a decisão certa. Se passa, se vai cortar e chapar. Também bate um cansaço, porque você recompõe e logo em seguida tem que puxar o contra-ataque. Uma arma nossa muito forte que vai servir muito para o segundo jogo, mas temos que ser mais eficientes nesse contra-ataque - disse, completando.

- A tendência é melhorar sempre. Tivemos alguns contra-ataques que poderíamos ter ampliado mais o placar. Vamos trabalhar essa semana, para no próximo jogo tentar ampliar. Se não conseguir, como já temos a vantagem é segurar o jogo e, se Deus quiser, conseguir a classificação para as semifinais - falou o atleta da Lusa.

Outro ponto de debate foi a concentração durante os 90 minutos. Um lance específico no segundo tempo do confronto de ida, já pós os 40 minutos da etapa complementar, serviu de alerta para a equipe, como alegou o volante Muniz.

- A gente viu que não pode bobear. A gente, bem dizer, teve o controle de jogo, criamos as melhores chances e no final eles quase conseguiram o empate. Em uma bobeada nossa, estando com um jogador a mais. Tem que manter a concentração o tempo todo em um nível elevadíssimo para não dar nenhuma brecha e para que eles não consigam marcar na gente - disse o atleta.

A expectativa é que o time permaneça com a mesma formação tática do jogo de ida, isso significa que a Lusa entra em campo em um 4-3-3 com jogadores de velocidade no comando ofensivo.

A partida entre Portuguesa e Audax Rio acontece nesta quarta-feira, dia 24 de julho, às 10h, em Moça Bonita. O Placar FutRio faz a cobertura em tempo real.

Tags: Portuguesa; Muniz; André Silva;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por