Em 17/08/2019 às 17h21

Com gols na etapa inicial, Barra da Tijuca supera o Gonçalense por 2 a 1

Partida contou com contornos nervosos e reclamações à arbitragem


Autor: Vitor Melo / Fotos: Vitor Melo (FutRio) e Igor Farias

O Barra da Tijuca recebeu o Gonçalense, na tarde deste sábado (17), em Conselheiro Galvão e saiu vencedor pelo placar de 2 a 1. Todos os gols saíram na primeira etapa: para o time mandante, Ygor Catatau e Erick Foca. Já o time visitante, Rodrigão.

image

Na sequência da Segundona, o Barra da Tijuca encara o America, no próximo sábado (24), em Moça Bonita, às 15h. No mesmo dia, o Lense recebe o Bonsucesso, no Alzirão, às 10h. O Placar FutRio acompanha. 

Barra da Tijuca abre vantagem, jogo fica nervoso e Gonçalense desconta 

Ciente da necessidade da vitória, pela luta co trava zona da degola, o Barra da Tijuca apresentou uma equipe ofensiva, no esquema com Erick Foca e Ygor Catatau na parte aguda do campo. A dupla foi o destaque do primeiro tempo. Através deste panorama, o Tricolor da Zona Oeste encontrou o caminho do gol logo aos 12 minutos: o árbitro alegou toque de mão da defesa visitante e apontou para a marca da cal. No lance, Catatau não desperdiçou: 1 a 0.

O Gonçalense buscou as respostas através das infiltrações. Porém, a maioria das jogadas eram paralisadas por conta da marcação do impedimento. Após a parada técnica, o Barra voltou a comemorar. Aos 27 minutos, Keven roubou a bola no campo de ataque, invadiu a área e tocou para Erick Foca, que não desperdiçou: 2 a 0. 

Em desvantagem, o time de São Gonçalo se lançou para o último terço do gramando e montou a blitz. Com certo tom de nervosismo e reclamações do time visitante pela arbitragem, o duelo voltou a ter um gol assinalado na reta final. Aos 46 minutos, Rodrigão aproveitou o cruzamento e cabeceou com força, inapelável para o goleiro Bernardo.

image

Equipes se anulam e determinam placar zerado no segundo tempo

Na volta do intervalo, o técnico Lira realizou uma modificação tática: trouxe o volante Garcia para a lateral direita e colocou Lucas Poli no embate. Com este cenário, o Barra jogou pela vantagem e fez a bola correr. Porém, seguiu dando espaços à equipe adversária. A chance de ouro do time gonçalense foi desperdiçada por Felipe Almeida, que, na pequena área, acabou esbarrando na marcação. 

No último quarto de jogo, a emoção tomou conta das ações. O contorno nervoso permaneceu, principalmente pelo lado do time visitante, que contestou as marcações da arbitragem. Alem disso, as equipes protagonizaram um jogo pegado, expondo mais a vontade do que a técnica - fato comprovado pela expulsão de Rodrigão aos 45 minutos -. Apesar das investidas e da indefinição, a disputa terminou sem novos episódios de gol. 

A partida 
Barra da Tijuca 2x1 Gonçalense - Taça Corcovado, 3 rodada - 17/08/2019 às 15h

Estádio Aniceto Moscoso (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Lenilton Rodrigues Gomes Júnior 
Assistentes: Gustavo Mota Correia e Danilo Oliveira da Silva 

Barra da Tijuca: Bernardo; Igor Salles (Lucas Poli, intervalo) Verdini, Marcão e Bruno Maia; Garcia, Walney, Lucas Zen e Keven (Bicudo, 35'/2ºT) ; Erick Foca (Wesley, 25'/2ºT) e Ygor Catatau. Técnico: Lira.

Gonçalense: Higor; Luiz Eduardo, Matheus Amorim, Rodrigão e Alan; Magé, Jonnes (Thiaguinho, 30'/2ºT), Blendon (Magno, 35'/2ºT) e Walber; Marquinhos e Felipe Almeida (Wallace, 30'/2ºT). Técnico: Thiago Thomaz.

Cartões amarelos: Rodrigão, Wallace (GON); Ygor Catatau (BTJ).

Cartão vermelho: Rodrigão, 45'/2ºT (GON)

Gols: Ygor Catatau, 12'/1ºT (1-0); Erick Foca, 27'/1ºT (2-0); Rodrgão, 47'/1ºT (2-1).

Tags: Barra da Tijuca; Gonçalense;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por