Em 27/08/2019 às 15h30

Lelê chega aos 7 gols, se aproxima da artilharia e reafirma boa fase na Série B2

Atacante é o vice goleador da competição com sete gols marcados na Terceirona


Autor: Léo Pinheiro / Fotos: Caio Almeida (FutRio) e Vitor Melo (FutRio)

A boa fase de Lelê no comando ofensivo do Profute parece não terminar. O jogador anotou mais dois gols no último final de semana, na vitória da equipe sobre o Mesquita por 3 a 0, e chegou a vice-artilharia da Série B2 do Campeonato Carioca. Com mais uma atuação convincente, o camisa 11 do time da Baixada Fluminense vem se reafirmando como um dos principais jogadores da sua posição no Estadual. Na temporada foram 14 gols em 18 partidas, uma média de 0,77 ou três gols a cada quatro jogos.

image

O camisa 11 do Itaboraí Profute só é superado na competição por Jonathan, atacante do Maricá, que fez até o momento oito gols no certame pela equipe da Região Metropolitana. Econômico nas palavras, Lelê se apega à religiosidade para comentar o momento que vive na temporada.

- Peço a Deus capacidade e força para entrar em campo e ajudar a minha equipe. No domingo (25), mais uma vez, ele nos concedeu a vitória e eu pude ajudar o time fazendo dois gols - disse o atleta de forma resumida sobre os gols contra o Queimados.

Se na Série B2 ele ocupa o posto de vice goleador, na Copa Rio Lelê é o artilheiro com sete gols marcados, ao lado de Sorriso, que tem partidas a mais em relação ao camisa 11 do Profute. O "título" dificilmente será perdido, já que Yago Ramos e Jackson, do Bonsucesso, além de Matheus Pimenta, da Portuguesa, que disputam a final, precisariam de pelo menos cinco gols para ultrapassarem ou igualarem Lelê.

Números expressivos, mesmo não sendo jogador de referência

Lelê tem média expressiva em toda a temporada, mesmo não sendo um homem de referência. Até o momento foram 18 jogos disputados, com 14 gols anotados. Uma média que chega a três gols a cada quatro jogos. Se formos pensar em minutos, seriam um gol a cada 112 minutos em campo. Isso para um jogador que atua flutuando no ataque. 

image

Nesta atual configuração da equipe de Paulo Roberto Miúdo, Lelê atua ao lado do experiente Gilcimar, que funciona como referência, fazendo, muita das vezes, o papel de pivô para os avanços do time. Lelê joga como um atacante de lado, que chega para concluir no clássico movimento de facão.

- Sim. É o que eu falo. O meu forte é sempre ir para dentro. Driblar é o que faço nos treinos. Graças a Deus está dando certo nos jogos também - disse, sobre o outro ponto forte dele em campo.

Lelê e o Itaboraí Profute voltam a campo no domingo, dia 1º de setembro, às 15h, no Joaquim de Almeida Flores, para pegar o Santa Cruz, pela sequência da Série B2 do estadual. O Placar FutRio faz a cobertura em tempo real do confronto.

NÚMEROS DE LELÊ NO ANO 

- Atual temporada até o momento
Jogos: 18
Gols: 14
Minutos em campo: 1575 minutos
Média de gols por jogo: 0,77 (três gols a cada quatro jogos)
Média de gols por minuto: um gol a cada 112 minutos em campo

- Série B2 do Carioca
Jogos: 12
Gols: 7
Minutos em campo: 1047 minutos
Média de gols por jogo: 0,58 (um gol a cada dois jogos)
Média de gols por minuto: um gol a cada 149 minutos em campo

- Copa Rio (já eliminado)
Jogos: 6
Gols: 7
Minutos em campo: 528 minutos
Média de gols por jogo: 1,16 (mais de um gol por jogo)
Média de gols por minuto: um gol a cada 75 minutos em campo

Tags: Lelê; Itaboraí Profute;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por