Em 12/09/2019 às 09h00

Robélio vence duelo tático com Luciano Quadros e faz time sonhar com semifinal

Audax Rio bate Bonsucesso e segue a três pontos do G-2 da Taça Corcovado


Autor: Redação FutRio / Fotos: Guilherme Nascimento (Audax Rio) e Raphael Santos (La Marca)

O Audax Rio está vivo na briga pela classificação à semifinal da Taça Corcovado e isso porque o técnico Robélio Cavalinho venceu o duelo tático com Luciano Quadros, na tarde desta quarta-feira (11), em Moça Bonita, quando a Laranja venceu o Bonsucesso por 1 a 0. Com o resultado, o time segue a três pontos do G-2 do Grupo A da Corcovado. Na partida, mudanças táticas constantes, mas o time de São João de Meriti se saiu melhor no final.

image

Ambas as equipes tinha recursos e os treinadores mudaram constantemente o time dentro de campo. O Cesso entrou com uma formação para explorar o lado esquerdo do ataque, com Dieyson improvisado na ponta e sem atacante de área, com Denílson mais recuado no meio. pelo lado do Audax, a troca incessante entre Samoel Pizzi e Wesley Bolinha nas funções de lateral e ponta direita.

As formações também se alteravam durante o decorrer da partida. Dos dois lados, os times iam do 4-3-3, para o 4-5-1 e até um 4-4-2 de acordo com a postura rival e as propostas que surgiam no decorrer do confronto.

Em uma dessas alterações, o Audax construiu o placar. O time, que começou tendo mais posse de bola e mais presente no campo ofensivo, buscou em um contra-ataque o gol com Giovanni. O técnico Robélio Cavalinho avaliou a apresentação, elogiou o técnico rival e indicou um time consciente dos seus objetivos para o futuro.

- Fizemos um grande jogo diante de uma bela equipe. Bem treinada pelo Luciano (Quadros), a gente sabe disso, pela competência que ele tem. A gente conseguiu um resultado importante. Agora é dar sequência, como falo, jogo a jogo. Vamos pensar no próximo e depois ver o que acontecerá lá na frente, se vamos se classificar ou não - comentou o treinador na beira do gramado.

Desgosto por confusão entre as equipes no fim do jogo

Após o apito final, as duas equipes ensaiaram uma confusão, que acabou envolvendo até membros das comissões técnicas e até alguns dirigentes, que tentavam conter o empurra, empurra. a situação começou ainda com bola rolando, quando o Audax Rio começou a cozinhar a partida. O Cesso, atrás do resultado, não gostou de algumas atitudes e provocações feitas nesta parte final do confronto. Robélio desaprovou a postura dos dois times.

image

- A gente vê como normal eles se cutucarem. Eu não gosto disso. Eu falo para o meu time jogar futebol, esquecer arbitragem, o adversário, não brigar com ninguém. A gente precisa jogar, fazer a bola rolar, fazer os gols que é o mais bonito para o esporte. Infelizmente aconteceu ali, já se desculparam. A arbitragem foi muito bem, expulsou dois jogadores, já acalmou os nervos - disse, completando.

- A gente sabia que só um resultado interessava, estávamos pilhados demais. Mas graças a Deus deu tudo certo e que isso não aconteça mais. A gente não gosta disso, eu não gosto, eu gosta da alegria de todo mundo, tanto quando perco, ou quanto ganho, tem que ser alegre. Não pode ser triste e nem arrumar briga, isso não existe - concluiu.

O Audax Rio agora enfrenta o Serra Macaense, às 15, deste sábado, dia 14 de setembro, no Ferreirão, em Cardoso Moreira. A partida terá cobertura em tempo real do Placar FutRio.

Tags: Robélio Cavalinho; Audax Rio;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por