Em 16/09/2019 às 17h23

Intertemporada, reforços, mudanças... Palinha explica sucesso do Rio SP

Treinador analisa título invicto do segundo turno do Alvinegro na Série B2


Autor: Léo Pinheiro / Foto: Raphael Santos (La Marca)

O Rio São Paulo levantou, neste domingo (15), o título do segundo turno da Série B2 do Campeonato Carioca, ao vencer o Maricá por 2 a 0. O técnico Palinha explicou parte do sucesso da equipe nesta segunda parte da terceirona, quando, de maneira invicta, conquistou o caneco e a vantagem para a semifinal geral, o jogo do acesso, diante do Barra Mansa. A intertemporada, as contratações, a mudança tática e o elenco foram alguma das justificativas.

image

Palinha assumiu o Rio São Paulo na reta final do primeiro turno e sem tanto tempo para trabalhar conseguiu a classificação à semifinal deste momento ta competição, perdendo justamente para o Maricá por 2 a 0, fora de casa, já com as mudanças que queria em curso.

Com esta eliminação, o comandante alvinegro teve 13 dias de trabalho até a abertura do segundo turno, uma intertemporada entre as fases da competição. As mudanças táticas aconteceram de forma natural, mas as principais alterações eram dos nomes em campo.

Jogadores como os atacantes Alex Alcântara e Camilo, o volante Lulinha, além do zagueiro Pedro Henrique, titulares nesta conquista, apareceram justamente a partir do momento da chegada de Palinha ao banco de reservas do clube do Campinho. 

- Cara, quando eu cheguei no Rio São Paulo estava bem complicado. Acho que com o grupo que nós estávamos, que eles me apresentaram, nós não íamos chegar. Com certeza. Nisso nós somos conscientes. Pedi algumas peças, que eram importantes, que trabalharam comigo no Duque de Caxias, outros eles trouxeram - disse, completando em sequência.

- E eu disse assim: com esse grupo e peneirando, nós vamos chegar. Mas vai ter que ter muito trabalho do meu entendimento e da minha filosofia. E eles compraram a ideia. Então, eu acho assim. Foi se acumulando a experiência, daqueles que estavam chegando, com aqueles que já estavam. Juntamos tudo e foi isso: taça, foguetório e festa - afirmou o técnico.

A equipe, com esta nova formação em termos de peça, e com uma disposição que entre as variações preza pelo 4-4-3 com velocidade no ataque, conseguiu êxito nos confrontos da B2. Raphinha Thomaz ficou centralizado no time, com o auxílio do volante Luinha na criação. O time chega com muitas peças ao ataque, já que o trio Alexa Alcântara, Camilo e Marquinhos do Sul somou incríveis 17 gols somente nesta fase do certame.

A equipe comemora, mas já pensa no Barra Mansa, adversário na luta pelo acesso. O primeiro confronto acontece já nesta quinta-feira (19), no Leão do Sul, fora de casa. A partida começa às 15h e o Placar FutRio fará a cobertura em tempo real da partida. Confira a campanha do Rio São Paulo neste segundo turno.

RIO SÃO PAULO NO SEGUNDO TURNO DA SÉRIE B2

Jogos: 10
Vitórias: 8
Empates: 2
Derrotas: 0

Gols marcados: 21
Gols sofridos: 5

Com 17 gols, o trio de ataque (Alex Alcântara, Camilo e Marquinhos do Sul) fez mais gols que 12 dos 16 times neste segundo turno.

Aproveitamento: 87% dos pontos em disputa

2x1 Mesquita
3x0 Juventus
3x0 Barra Mansa
0x0 Maricá
4x0 Barcelona
1x0 Carapebus
4x1 Santa Cruz
4x3 Queimados
3x3 Barra Mansa
2x0 Maricá

Tags: Rio São Paulo, Palinha, Carioca Série B2

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por