Em 13/10/2019 às 13h04

Frizão explora velocidade, força jogada pela esquerda e fatura título

Estratégia de buscar amplitude e acelerar o jogo faz equipe construir vitória


Autor: Léo Pinheiro / Foto: Igor Cruz

O Friburguense é o campeão da Série B1 do Campeonato Carioca. A equipe venceu o America, neste sábado (12), por 2 a 1, com gols de Maycon e Toshiya. A estratégia traçada pela equipe foi bem clara: buscar a velocidade pelo lado do campo, em especial pelo lado esquerdo. O plano deu certo, o time criou inúmeras oportunidades e poderia ter tido uma vitória mais tranquila, se não fosse a má pontaria do ataque da equipe, principalmente no primeiro tempo.

A formação ofensiva foi a mesma: Maycon pelo lado esquerdo, Toshiya pelo direito e Dedé centralizado. Todos jogadores de velocidade e mobilidade. O primeiro foi o mais acionado. E foi justamente com ele e dos pés dele que saiu o primeiro gol. A etapa inicial foi caracterizada pelo embate Maycon x Wagner Diniz, com vantagem total do jogador do Frizão.

image

Maycon, inclusive, criou mais duas oportunidades. Uma eque Toshiya perde um gol na pequena área e outra que Dedé, daqui do mesmo setor defensivo do America, errou o gol. O primeiro tempo poderia ter terminado 3 a 0, se não fossem os erros.

O meio campo do Frizão se mostrou treinado para a situação. Os atletas pegavam a bola e já buscavam esse espaço pelo lado, principalmente o esquerdo do time, consequente lado direito da zaga do America, onde estava o veterano Wagner Diniz. Jorge Luiz, maestro da conquista do Frizão, explica o porque da escolha das jogadas por essa faixa do campo.

- Não é nem a questão do Wagner Diniz. É a velocidade do Maycon. Ele é muito rápido. E a gente acabou analisando bem os jogos e fazendo essa jogada nas costas do lateral direito deles - disse.

Segundo gol pelo mesmo setor, mas já sem Maycon e Diniz em campo

O gol que deu a tranquilidade para o time no segundo tempo foi pelo mesmo setor. Mas agora já sem Maycon e Diniz em campo. Com Anderson Künzel na lateral rival e Ricardo aberto pela ponta canhota do Tricolor da Serra, o jogador do Frizão levou a melhor na força e deixou Toshiya com o gol vazio para marcar.

A equipe do America até descontou com Pedrinho, de falta, mas a reação veio tarde. O Frizão se segurou e confirmou o título da Segundona, o segundo do clube, que coroa a temporada de acesso à elite do Rio de Janeiro no ano de 2020.

Tags: Friburguense;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por