Em 15/10/2019 às 09h58

Tchê Tchê dá méritos do rendimento individual a todo EC Resende

Atacante surge como um dos nomes não só da equipe, mas também da Série C


Autor: Léo Pinheiro / Foto: Léo Pinheiro (FutRio)

Com cinco gols em três jogos, o atacante Tchê Tchê se coloca como um dos destaques desta Série C do Campeonato Carioca. O jogador credita este bom começo na Quartona do Estadual ao desenvolvimento coletivo do EC Resende na competição. Líder e com 100% de aproveitamento na competição, o time venceu o Arturzinho, fora de casa, por 3 a 1, e deu outro passo importante rumo à classificação.

Na tarde desta segunda-feira (14), em Moça Bonita, Tchê Tchê fez os dois primeiros gols da equipe. Primeiro recebendo passe primoroso de Lucas e completando para o gol e depois em jogada individual, finalizando de fora da área. O jogador falou sobre sua fase e a promessa é de manutenção da performance individual e coletiva.

- Cara. Isso aí é fruto de um grupo bom. Quando o time vai bem, o individual sobressai. Se o grupo vem bem, eu vou bem. E vamos seguir em uma batida boa. A gente vem em uma fase boa aí. E agora é assim até o final, sem deixar cair - garantiu o atleta.

Neste momento Tchê Tchê ainda não é o goleador da competição, já que outros atletas já disputaram a fase preliminar da Série C e dispararam na briga pela artilharia, casos de Miguel, do Arturzinho, e Cadinho, do Paraíba do Sul, com nove e oito gols, respectivamente.

Atacante abre mão de cobrar pênalti e toma bronca de técnico.

Tchê Tchê poderia ter se aproximado mais da briga pela artilharia, já que também sofreu um pênalti no jogo desta segunda-feira (14). Ele foi derrubado na aréa e mesmo com os pedidos da arquibancada e do banco de reservas, na figura do técnico Ricardo de Oliveira, ele abriu mão da cobrança. Biel foi para a bola e perdeu.

A escolha rendeu bronca do comandante do time. Tchê Tchê revelou que o objetivo era dar mais confiança para o colega de time, que se sentia bem para efetuar a cobrança, já que o jogo, àquela altura, estava 2 a 0 para a equipe.

- Eu que sou o batedor. Só que eu fui dar uma moral para o meu companheiro, mas ele acabou perdendo. Mas isso faz parte, na próxima, se eu estiver bem, eu vou bater. Eu já tinha feito dois gols, então isso não fez nenhuma diferença na partida - disse.

Agora o EC Resende pega o Ação, em casa, no Joaquim de Almeida Flores, às 10h, da quinta-feira, dia 17 de outubro. O confronto terá cobertura em tempo real do Placar FutRio.

Tags: Tchê Tchê; EC Resende;

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por