Em 25/11/2019 às 16h23

Em confraternização, FFERJ premia destaques da B1, B2 e Estadual Feminino

Reunião aconteceu nesta segunda-feira (25) na sede da entidade


Autor: Redação FutRio / Foto: Agência FFERJ

Aconteceu na tarde desta segunda-feira (25) na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro a confraternização oficial do encerramento das Séries B1 e B2 do Campeonato Carioca, além do Estadual Feminino. Foram eleitos, além das seleções ideias, os craques, as revelações, os gols mais bonitos, os melhores árbitros e assistentes, além da indicação do prêmio de Fair Play para as equipes mais disciplinadas das competições.

Pela Série B1, que foi conquistada pelo Friburguense e ainda contou com o acesso do America, o prêmio de melhor jogador ficou para Jorge Luiz, meia do Frizão. Também pelo Tricolor da Serra, Maycon levou o prêmio de gol mais bonito. Matheus Babi, atacante do Mecão, foi a revelação. Pelo lado da arbitragem, Alex Gomes Stefano foi eleito o melhor juiz da competição. Gustavo Mota Corrêa e Guilherme Vogas Tavares, os melhores assistentes.

Outros pontos levantados na premiação foram as estatísticas. O America ficou com o melhor ataque da Segundona, ao marcar 41 gols. Pedrinho, que sozinho fez 14, foi o artilheiro. O Duque de Caxias teve a defesa menos vazada, com apenas 14 gols sofridos. O Olaria levou o premio de "Fair Play", ao ser a equipe mais disciplinada. Foram 33 cartões amarelos e apenas 1 vermelho.

Já pela Série B2, onde o Rio São Paulo ficou com a taça e o Maricá foi o segundo colocado, também garantindo o acesso, o prêmio de craque do campeonato ficou para Jonathan, atacante do Maricá. Camilo, centroavante da equipe campeã, foi eleito a revelação. As duas equipes também se destacaram em outros quesitos. O Alvinegro do Campinho foi o melhor ataque, com 38 gols anotados, enquanto a equipe do Leste Fluminense teve a melhor defesa, com apenas 17 gols cedidos.

Na briga pela ponta da artilharia, um empate: Darlan, do Mageense, e Lelê, do Itaboraí Profute, receberam o reconhecimento pelos 12 gols anotados cada. O prêmio de equipe mais disciplinada ficou para o Queimados, que levou 25 cartões amarelos e apenas um vermelho. Na arbitragem, quem se destacou foi o juiz Fernando Moraes Varella, junto com os assistentes Fábio Ramos França e Diogo Nego Corrêa.

O Campeonato Carioca Feminino também obteve o seu destaque e reconhecimento na confraternização. Com o ataque mais efetivo da competição, com incríveis 135 gols marcados, o Flamengo levou a taça e também emplacou a artilharia: Flávia, com 25 tentos.

Sobrou para o Vasco ter a melhor defesa da competição, com cinco gols sofridos. O prêmio de Fair Play ficou para a Liga de Barra do Piraí, que não tomou nenhum cartão. Mas um dos momentos especiais da reunião ficou para o prêmio exclusivo dado ao Greminho, também pelo Fair Play, mas pela partida em que a equipe foi derrotada por 56 a 0 para o Flamengo, o que repercutiu mundo à fora.

Rejane Caetano da Silva levou o prêmio de melhor árbitra do Estadual Feminino. As assistentes Jéssica Brasil Guimarães e Thayse Marques Fonseca também foram premiadas pelos respectivos destaques em suas funções.

Tags: Campeonato Carioca, FFERJ

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por