Em 25/11/2019 às 17h20

Lúcio Diogo lamenta gols sofridos pelo alto, mas faz questão de elogiar o Ação

Equipe perdeu para o Campo Grande e acabou ficando sem o acesso


Autor: Redação FutRio / Foto: Anderson Lima

Ficou no quase. Na tarde deste domingo (24) no Marrentão, o Ação criou as melhores oportunidades, teve mais posse de bola, mas encontrou um Campo Grande cirúrgico e acabou perdendo por 2 a 1, e viu o acesso bater na trave. Lúcio Diogo lamentou muito os vacilos de sua equipe nas bolas aéreas, maneira que o adversário fez os dois gols, mas destacou a entrega dos seus comandados.

- Levamos dois gols de bola parada, uma situação que eu peço muita atenção. Mas faz parte, são coisas do futebol. Com todo respeito ao Campo Grande, nossa equipe foi melhor. Mas futebol não tem merecimento. Se fosse por merecimento, o acesso teria sido do Ação - analisou o treinador.

Chegando perto do acesso, Lúcio Diogo ressaltou que não foi fácil chegar a semifinal da Série C, lembrou todos os percalços da competição e revelou que é muito difícil trabalhar na quarta divisão.

- Fazer futebol na Série C não é fácil. Nosso trabalho começou há sete meses, um trabalho árduo, muito organizado. Quero dar parabéns a todas as equipes que disputaram a competição, pois não é fácil. E só chegamos à semifinal, pois existia muita organização dentro do clube. Existem muitos bons profissionais na Série C e as pessoas precisam olhar mais para a gente - relatou.

Sem o acesso, o Ação só volta a campo no ano que vem, quando vai disputar novamente a Série C do Campeonato Carioca.

Tags: Ação

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por