Em 03/12/2019 às 21h00

Yago Santos é campeão como atleta do profissional e técnico do sub-20

Com apenas 22 anos, treinador/atleta consegue feito inédito no Alviceleste


Autor: Renan Mafra / Foto: Vitor Costa (FutRio)

Na conquista do título do Ceres na Série C do Campeonato Carioca, o nome de Yago Santos pode ter passado despercebido, pois ele só atuou duas vezes pela equipe profissional. Mas poucos sabem que o zagueiro de apenas 22 anos, foi um dos principais nomes do Alviceleste na temporada. Isso porque além do título como jogador, ele também conquistou a Quartona sub-20 com treinador do time.

Na sua terceira temporada como jogador profissional, ele sofreu muito, pois não tinha tempo para descanso, pois também fazia faculdade, mas ressaltou que tudo foi recompensado com os títulos de treinador sub-20 e de jogador profissional do Ceres.

- Tenho três anos como jogador profissional e pretendo dar prosseguimento a essa carreira, mas também com a de técnico, pois quando encerrar a caminhada como atleta, quero seguir forte como treinador. Foi tudo muito cansativo, pois dava treino de manhã, trabalhava a tarde e fazia faculdade a noite. Mas essa garra, essa luta foi recompensada com dois títulos - explicou o professor e jogador.

Com a temporada cansativa que teve, com muito trabalho e estudo, Yago Santos na titubeou ao responder que sua prioridade para 2020 é seguir sua carreira como jogador, pois ainda é jovem e a chance como treinador é mais para o futuro, quando encerrar a carreira de atleta.  

- No momento a prioridade é apostar na carreira como jogador. Sou novo, tenho muito tempo pela frente. Ser técnico é uma coisa futura. Já que Deus me deu essa oportunidade logo cedo, eu resolvi aproveitar para colocar no currículo. Mas eu optaria pela carreira como jogador se tivesse que escolher - explicou.

Por fim, Yago Santos agradeceu ao presidente do clube, Winston Soares, pela chance que teve de comandar a equipe sub-20, e também a Válber Lessa, que além de ser seu treinador no time profissional, lhe ensinou bastante para a função de técnico.

- Temos muita gratidão a Deus, pois ele escolheu esse ano para o Ceres. Além de mim, tivemos o Wander e o Richard, que foram campeões sub-20 e foram aproveitados no profissional, e possivelmente vão seguir no profissional do clube no ano que vem. E a base é fundamental para o clube, sem base não tem incentivo dentro do clube. Foi meu primeiro ano como treinador e conquistei meu primeiro título como jogador. Agradeço muito pela oportunidade ao presidente Winston e ao professor Válber - frisou.

Com o título da Série C do Carioca, o Ceres carimba o acesso à Terceirona com chave de ouro. Em 2020, além da Série B2, o clube também disputará a Copa Rio.

Tags: Ceres, Yago Santos

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por