Em 19/01/2020 às 09h00

Lusa assume atuação abaixo, mas questiona pênalti marcado contra

De maneira lúcida, equipe analisa resultado e decisões de arbitragem


Autor: Léo Pinheiro / Foto: Luís Miguel Ferreira (MEC)

O time da Portuguesa reconheceu que não fez a melhor das atuações, mas relacionou o resultado contrário diretamente à uma decisão do árbitro Marcelo de Lima Henrique, que marcou um pênalti, num suposto toque de mão do zagueiro Diego Guerra, no segundo tempo do jogo com o Madureira. Os jogadores foram lúcidos ao analisar o lance e o lance polêmico no 1 a 0 para o rival.

No jogo, o time teve mais posse de bola, mas não transformou essa superioridade em chances claras criadas. A melhor delas saiu dos pés de Chayene, que botou a bola na cabeça de André Silva, que finalizou no travessão. Chayene analisou a apresentação, já projetando o próximo jogo.

- Acho que hoje não aconteceu, como pode não acontecer em outros dias. Futebol é assim. Acho que a gente tem que focar na outra partida, saber que é um passo de cada vez. Infelizmente, eu acho que, em um erro da arbitragem, a bola não bate na mão do (Diego) Guerra, foram infelizes na marcação. A gente podia sair, fora de casa, com pelo um ponto. Mas é pensar na próxima partida contra o Fluminense, trabalhar e seguir em diante - disse o jogador.

Romarinho: "Se a gente bota a bola na rede, não tem como ele tirar"

O meia Romarinho, um dos expoentes da Lusa nesta temporada, seguiu uma linha parecida para analisar o confronto. O time poderia ter dado mais, mas o árbitro interferiu no resultado final. De maneira consciente, o jogador preferiu destacar outros pontos que podem também ter atrapalhado o time.

- Estreia é sempre complicado, ainda mais fora de casa, contra uma equipe de tradição. Tentamos imprimir o nosso estilo de jogo, nossa forma de jogar, que é tendo a posse de bola, jogar sempre com domínio dentro do campo do adversário. Mas infelizmente em uma questão do árbitro, na opinião dele, no critério dele, ele achou que o (Diego) Guerra estava com a mão aberta e acabou marcando o pênalti. Se a gente bota a bola na rede, não tem como ele tirar - disse, completando.

- Ainda tem muito campeonato. Na quinta-feira a gente tem um outro desafio contra o Fluminense. Vamos trabalhar, acertar o que tem que a certar com o professor Rogério e, se Deus quiser, fazer um grande resultado.

Agora a Lusa pega o Fluminense, às 20h, da próxima quinta-feira, dia 23 de janeiro, no Maracanã. O confronto terá cobertura em tempo real do Placar FutRio.

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por