Em 28/01/2020 às 21h15

Boavista se impõe dentro de casa e vence o Madureira por 3 a 1

Verdão contou com dois gols de Caio Dantas e um, contra, de Ygor Catatau


Autor: Redação FutRio / Foto: Luis Miguel Ferreira (MEC)

O Boavsita recebeu o embalado Madureira na noite desta terça-feira (28), no Estádio Elcyr Resende, pela quarta rodada da Taça Guanabara. O Tricolor Suburbano não teve chances diante de uma grande atuação do Verdão de Saquarema na etapa inicial. Com dois gols de Caio Dantas e um contra de Ygor Catatau, os donos da casa venceram por 3 a 1. Nathan foi quem descontou para os visitantes.

Com a vitória, o Boavista chega a sete pontos e dorme na liderança do Grupo A. Já o Madureira conheceu a sua primeira derrota na temporada e, em segundo lugar com nove pontos no Grupo B, vê o seu posto ameaçado pelo Volta Redonda, que ainda joga na rodada.

Boavista faz um primeiro tempo sólido e controla partida

Quem começou a partida aplicando um forte ritmo foi o Madureira. Nos primeiros minutos, o Tricolor ameaçou o gol de Kléver e ainda ficou na bronca com a arbitragem por um possível pênalti, que não foi marcado, em cima de Marlon. Mas logo após a parada técnica, o cenário se inverteu. Aos 23 minutos, Tartá bateu escanteio fechado e o goleiro do Madureira, Douglas, tentou afastar a bola e ela acabou batendo nas costas de Ygor Catatau e entrou.

Depois o Boavista voltou ao ataque com Jefferson Renan, lançado por Tartá, porém o meia acabou desperdiçando uma grande chance. Minutos depois, aos 41, em rápido contra-ataque, Éverton Silva cruzou para Caio Dantas, livre na grande área, estufar as redes. Nos acréscimos, ainda deu tempo de mais. Desta vez, Jefferson Renan avançou pela direita, executou grande jogada e encontrou, mais uma vez, Caio Dantas livre de marcação. O atacante só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da meta.

Se na etapa complementar o Boavista voltou a ameaçar com Tartá, aos cinco minutos, em finalização de fora da área, Douglas teve que trabalhar e fazer uma boa defesa. Mas o ritmo das duas equipes acabou caindo e os donos da casa aproveitaram para controlar a vantagem, diante de um adversário, praticamente, entregue. Na marca de 43 minutos, o Madureira conseguiu diminuir. Catatau cruzou e Kléver falhou na tentativa de interceptar e agarrar a bola. Esperto, Nathan aproveitou a sobra de bola e bateu para o gol. Porém, já era tarde e o Boavista confirmou a vitória com o apito final.

Na próxima rodada, as duas equipes entram em campo no sábado (1º). Porém, o Madureira enfrenta o Bangu, em Conselheiro Galvão, às 16h. Já o Boavista visita o Fluminense, às 19h, no Maracanã. Ambas as partidas contam com a cobertura em tempo real do Placar FutRio.

A partida
Boavista 3x1 Madureira - Campeonato Carioca, Taça Guanabara, 4ª rodada - 28/01/2020 às 19h15

Estádio Elcyr Resende (Saquarema - RJ)
Árbitro: Pathrice Wallace Corrêa Maia
Assistente: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e André Roberto Smith Silveira

Boavista: Kléver; Wellington Silva (Gabriel, 16'/2ºT), Victor Pereira, Elivelton, Jean (Éverton Silva, 23'/1ºT); Fernando Bob, Jefferson Renan, Erick Flores, Michel; Tartá (Luís Soares, 28'/2ºT) e Caio Dantas. Técnico: Paulo Bonamigo.

Madureira: Douglas; Rhuan, Marcelo Alves, Edmário, Marlon; André Luiz, Humberto (Jonata, 37'/2ºT), Luciano Naninho (Anderson, 31'/2ºT); Emerson Carioca, Wander (Nathan, 12'/2ºT) e Ygor Catatau. Técnico: Toninho Andrade.

Cartões amarelos: Erick Flores (BOA); André Luiz e Edmário (MAD)

Gols: Ygor Catatau, contra, 23'/1ºT (1-0); Caio Dantas, 40'/1ºT e 45'/1ºT (2-0); Nathan, 43'/2ºT (3-1)

Tags: Boavista, Madureira, Campeonato Carioca 2020

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por