Em 11/02/2020 às 18h10

Em situação delicada, Nova Iguaçu sofre com o pior ataque do Grupo X

Laranja da Baixada anotou apenas três gols em quatro jogos na competição


Autor: Caio Almeida / Fotos: Caio Almeida (FutRio)

image

A situação do Nova Iguaçu ficou totalmente complicada no Grupo X do Campeonato Carioca e agora o clube não depende apenas dos seus esforços nas próximas duas rodadas para conseguir evitar o Grupo Z. Entretanto, além do cenário negativo em relação ao saldo de gols, que piorou após a derrota por 4 a 0 para o Americano, o Laranja da Baixada terá que se superar em outro quesito: o ataque.

Até o momento, o Nova Iguaçu anotou apenas três gols em quatro jogos no Grupo X, resultando em uma média de 0,75 por jogo. Fato que deixa o clube como o pior ataque da fase. Nos três jogos que não conseguiu sair com a vitória, faltou calibre na pontaria. O plantel conseguiu criar boas oportunidades, mas a dificuldade na finalização das jogadas foi imensa. Quando acertavam o alvo, o goleiro adversário executava boas defesas.

Desde que assumiu o comando, na última rodada da Seletiva, o treinador Hermes Júnior testou quatro variações no setor ofensivo, variando do sistema 4-2-2 ao 4-3-3. Entre todos os nomes utilizados, Fabinho Ayres, Bruno Santos e Luã Lúcio foram os favoritos para começarem como titulares. Destes, apenas Fabinho e Luã anotaram gols no Grupo X, sendo eles os da única vitória, por 2 a 1 sobre o America.

image

Se a missão pela matemática não é fácil, o Nova Iguaçu terá que superar as próprias mazelas para conseguir evitar um novo pesadelo. A primeira chance acontece no Eduardo Guinle, contra o Friburguense, no sábado (15), às 15h. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Tags: Nova Iguaçu

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por