Em 19/02/2020 às 00h03

Paredão: Gatito defende dois pênaltis e Botafogo avança na Copa do Brasil

Após empate de 1 a 1 no tempo normal, Glorioso se classifica nos pênaltis


Autor: Redação FutRio / Foto: Vitor Silva (SSPress)

Mais uma vez foi no sufoco, mas o Botafogo andou mais uma casa na Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (19) no Aflitos, o Glorioso saiu atrás do marcador, buscou o empate na segunda etapa e nos pênaltis, se classificou em uma noite inspirada de Gatito Fernández, que defendeu duas penalidades.

image

Na próxima fase da Copa do Brasil o Botafogo vai encarar o vencedor de Paraná e Botafogo (PB). Agora o Glorioso só volta a campo no dia 2 de março, quando vai estrear na Taça Rio. O adversário será o Boavista, finalista da Taça Guanabara, às 20h, no Estádio Nilton Santos. O Placar FutRio acompanha toda a primeira rodada do segundo turno do Campeonato Carioca.

Botafogo cria mais chances, mas é castigado no fim do primeiro tempo

Quem começou tomando a iniciativa do jogo foi o Náutico, mas o Botafogo assustou primeiro. Bruno Nazário chutou da entrada da área e Jefferson espalmou. Em seguida, Luiz Henrique cruzou da esquerda, Danilo Barcelos subiu livre de marcação e perdeu uma chance inacreditável, cabeceando para fora.

Em boa jogada de Luiz Henrique, ele tocou para Cícero, que invadiu a área e bateu cruzado, mas mandou para fora. O Náutico tinha mais posse de bola, mas pouco assustava. Porém, quando chegou com perigo marcou. Paiva fez boa jogada individual, tocou para Jean Carlos, que bateu forte, sem chances para Gatito Fernández e abriu o marcador.

O gol animou o Náutico e quase Jean Carlos fez mais um. Aos 44 minutos, o meia soltou uma bomba da entrada da área e só não ampliou porque Gatito Fernández fez uma grande defesa e o jogo chegou ao intervalo com o Botafogo perdendo pelo placar mínimo.

Bruno Nazário marca e leva decisão para os pênaltis

A segunda etapa começou equilibrada, com as duas equipes buscando o ataque, mas foi o Botafogo que se deu melhor. Aos 23 minutos, Luiz Fernando cruzou na cabeça de Bruno Nazário, que deixou tudo igual. Porém, o Náutico passou a pressionar mais depois do gol do Glorioso. Erick deu ótimo passe para Hereda, que cruza para Jorge Henrique, mas o atacante furou dentro da pequena área.

Em seguida, foi Jorge Henrique que serviu Erick, que saiu cara a cara com Gatito Fernández, finalizou, mas o goleiro salvou o Botafogo. A última chance do jogo saiu após Jean Carlos cruzar para grande área, Paiva apareceu livre de marcação, mas mandou por cima da meta e o tempo regulamentar chegou ao fim com o 1 a 1 no placar.

Gatito brilha e classifica o Botafogo

Nas cobranças de pênaltis, Pedro Raul começou marcando para o Botafogo, mas Jean Carlos deixou tudo igual. Alex Santana recolocou o Glorioso em vantagem, e em seguida, Gatito Fernández defendeu a cobrança de Ronaldo Alves. Mas quando poderia confirmar a superioridade do Alvinegro de General Severiano, Luiz Fernando parou em Jefferson.

Jhonnatan deixou tudo igual. Bruno Nazário recolocou o Botafogo em vantagem, mas Josa empatou. Na última cobrança do Glorioso, Danilo Barcelos não desperdiçou. Paiva fechou as cobranças, mas Gatito Fernández defendeu e colocou o Alvinegro de General Severiano na terceira fase da Copa do Brasil.

A partida
Náutico (PE) 1 (3) x (4) 1 Botafogo - Copa do Brasil, segunda fase, jogo único - 19/02/2020 às 21h30

Estádio dos Aflitos (Recife - PE)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Leone Carvalho Rocha (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)

Náutico (PE): Jefferson; Hereda, Diego Silva, Ronaldo Alves e William Simões; Luanderson (Josa, 26'/2ºT), Rhaldney (Jhonnatan, 40'/2ºT) e Jean Carlos; Erick, Paiva e Matheus Carvalho (Jorge Henrique, 5'/2ºT). Técnico:

Botafogo: Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato e Guilherme Santos (Luiz Fernando, 21'/2ºT); Thiaguinho, Alex Santana, Danilo Barcelos e Bruno Nazário; Luis Henrique e Cícero (Pedro Raul, intervalo). Técnico: Alberto Valentim.

Cartões amarelos: Barrandeguy, Josa, Matheus Carvalho e Rhaldney (NAU); Gatito Fernández e Thiaguinho (BOT)

Gols: Pedro Raul, 13'/1ºT (0-1); Carlos Alberto, 18'/1ºT (1-1)

Pênaltis:

Náutico: Jean Carlos (O); Ronaldo Alves (X); Jhonnatan (O); Josa (O); Paiva (X)

Botafogo: Pedro Raul (O); Alex Santana (O), Luiz Fernando (X); Bruno Nazário (O); Danilo Barcelos (O)

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por