Após “recesso”, Cabofriense volta às atividades com jogo-treino

Toninho Andrade, da Cabofriense (Foto: Carlos Junior/FutRio)

Toninho Andrade, da Cabofriense (Sandro Vox/FutRio)

Tricolor Praiano, que parou por conta dos salários atrasados, enfrenta o São Pedro

Redação FutRio
Postado às 21:48 de 25/07/2013
Carioca Série B

Sem jogar há 45 dias e aguardando a pendência judicial para entrar em campo pela Série B do Campeonato Carioca, a Cabofriense voltou ao trabalho na tarde da última quarta-feira (25). Isto porque, se já não bastasse a paralisação da Segundona, o Tricolor Praiano sofre com um outro problema: o atraso de salários.

Diante da situação delicada, o técnico Toninho Andrade optou em dar um recesso maior após os treinos da semana anterior e a equipe ficou quatro dias sem treinar. Neste retorno, a diretoria, para não perder o ritmo de jogo, marcou um amistoso contra o São Pedro, nesta sexta (26), às 10h, no Estádio Alair Corrêa.

- Estamos realmente com esse problema de salários. Por isso optamos em dar um recesso maior até para que o presidente tenha tempo de buscar os recursos. Ele já passou para a gerência que isso vai ser quitado o mais rápido possível e nós optamos em não trazer o atleta para treinar pois não temos competição e passamos por esses problemas que poderiam se tornar maiores – disse o técnico Toninho Andrade à InterTV.

Segundo as informações da reportagem da InterTV, a diretoria da Cabofriense já pagou a premiação pela classificação à semifinal da Taça Corcovado e aguarda para quitar um mês de pendências. O Tricolor Praiano já está na segunda fase do segundo turno e enfrentará São João da Barra ou Goytacaz.