Ex-jogador João Rodrigo é assassinado e decapitado

João Rodrigo, do Sampaio Corrêa (Antonio Carlos/Saquapress)

João Rodrigo, do Sampaio Corrêa (Antonio Carlos/Saquapress)

Atleta foi o autor do gol do acesso do Bonsucesso clube para a elite do carioca em 2011

Redação FutRio
Postado às 11:34 de 29/10/2013
Notícias Variadas

O ex-jogador João Rodrigo, com passagens por diversos clubes do futebol carioca, como Bangu, Duque de Caxias e Bonsucesso, por onde marcou o gol do acesso para a elite do futebol carioca em 2011, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (29) em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Segundo informações do Jornal Extra, apenas a cabeça do atleta foi encontrada dentro de uma mochila na porta da casa de sua esposa, que é policial da UPP no Morro de São Carlos.

LEIA MAIS

>> Bangu emite nota de pesar pela morte de João Rodrigo

A informação sobre o assassinato, divulgada no Extra, é de policiais militares do 14º BPM (Bangu). A cabeça foi levada num rabecão para o Instituto Médico-Legal (IML). Ainda de acordo com o jornal, as motivações do crime ainda são desconhecidas. De acordo com a família, ele estava desaparecido desde a noite de segunda (28), logo após o fechamento de sua loja de suplementos alimentares, também no bairro de Realengo. O carro dele, um Hyundai i30, foi levado pelos bandidos e ainda está desaparecido.

João Rodrigo abandonou o futebol no meio deste ano, logo após disputar a Segunda Divisão pelo Sampaio Corrêa, para se dedicar somente ao comércio. Aos 36 anos e natural de Cataguases, o ex-atleta jogou em Bangu, Oester (SUE), Madureira, Remo (PA), Volta Redonda, Boavista, Tigres do Brasil, Duque de Caxias, Bonsucesso e Sampaio Corrêa, clube pelo qual encerrou a carreira.