Rogério Fidélis valoriza empenho e luta de seus jogadores

Rogério Fidélis, do Barra da Tijuca (foto: Anderson Luiz)

Rogério Fidélis, do Barra da Tijuca (foto: Anderson Luiz)

Entretanto, técnico criticou o péssimo estado do gramado do Ítalo del Cima

Luiz Eduardo Cunha
Postado às 13:18 de 27/02/2014
Carioca Série B

O Barra da Tijuca não vence há quatro rodadas na Série B do Campeonato Carioca. A última vitória do Tricolor ocorreu na estreia da competição, quando derrotou o Angra dos Reis pelo placar mínimo. Ontem, pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, o Barra ficou no empate sem gols com o Ceres, no Estádio Ítalo del Cima.

O treinador do time da Zona Oeste, Rogério Fidélis, elogiou o empenho de seus comandados, mas lamentou as chances perdidas que poderiam fazer o clube sair com os três pontos no confronto.

– O jogo foi muito bom, com chances para os ambos lados e não soubemos aproveitar as oportunidades que nós criamos. O Ceres teve a penalidade a seu favor no final da partida e nosso goleiro foi muito bem, efetuando a defesa. Mesmo assim, a equipe continuou buscando o gol, mas hoje foi aquele dia que poderíamos jogar o dia inteiro e o gol não iria sair. Valeu pelo empenho, a luta e a dedicação dos meus atletas – disse.

O comandante não se mostrou preocupado com o fato da sua equipe não triunfar há quatro jogos e criticou a má qualidade dos gramados em que o Barra vem atuando.

– Eu deixo meus jogadores bem tranquilos em relação a isso e tenho plena convicção que uma hora o resultado vai aparecer. Por outro lado, estamos enfrentando muitas dificuldades com relação aos campos muito ruins que estamos jogando, ficando assim impossível de desenvolver o trabalho realizado no dia a dia de posse de bola. A má qualidade do gramado atrapalhou meu time hoje, mas temos que jogar de acordo com o que virá pela frente – concluiu.

Na próxima rodada, o Barra da Tijuca enfrentará o Quissamã no Telê Santana, sábado (08) às 15h30.